Slider

ESC2023: Mónaco continua fora do Festival Eurovisão em 2023

  

A MMD confirmou, esta manhã, que o Mónaco não estará representada no Festival Eurovisão 2023. A última participação do país aconteceu em 2006.


A Monaco Media Difusion, o único membro ativo monegasca da EBU/UER, anunciou, esta manhã, que o Mónaco não fará parte da lista de participantes da próxima edição do Festival Eurovisão da Canção, que acontecerá no Reino Unido. A Telé Monte Carlo (TRM) esteve fora da competição durante 24 anos, entre 1980 e 2004, quando decidiu regressar ao certame por três edições. Nessa altura, a emissora justificou a retirada por não concordar com o sistema de votação, tendo referido que "o voto político faz com que o Mónaco não tenha qualquer hipótese de apuramento". Contudo, em 2021, a emissora, que é propriedade da privada francesa TF1, anunciou a sua retirada de membro ativo da EBU/UER.

A possibilidade do país regressar ao Festival Eurovisão 2023 foi aumentada pela imprensa monesgasca que, no ano passado, avançou com um eventual apoio governamental para apoiar o regresso do país ao certame (AQUI). Posteriormente foi anunciada a criação de uma nova emissora no país, a Monte-Carlo Riviera, que substituiria a TMC, cujo lançado está previsto para 2022. No entanto, a participação no Festival Eurovisão 2022 apenas seria possível caso a emissora integrasse a lista de membros ativos até meados de setembro, algo que não será possível.

Ainda sem datas nem cidade anfitriã, o Festival Eurovisão 2023, que será sediado no Reino Unido, conta com um total de 28 países provisoriamente confirmados: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Dinamarca, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Letónia, Lituânia, Malta, Noruega, Países Baixos, Portugal, Roménia, Reino Unido, São Marino, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia. Por outro lado, Andorra, EslováquiaLuxemburgo e Mónaco já confirmaram que não participarão no concurso internacional do próximo ano, enquanto a Bielorrússia e Rússia também ficarão de fora devido à suspensão imposta pela EBU/UER.

O Mónaco estreou-se na Eurovisão em 1959, tendo participado por 24 ocasiões entre 1959-1979 e 2004-2006. No entanto, o pequeno principado ficou por dezasseis ocasiões no top 10 da competição, tendo vencido em 1971 com a cantora Séverine e o tema Un banc, un arbre, une rue. A última participação do Mónaco esteve a cargo de Séverine Ferrer e o tema La Coco-Dance, que no palco de Atenas não foi além do 21.º lugar com 14 pontos na semifinal.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCToday /Imagem: Google /Vídeo: Youtube
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.