ESC2022: Verona também pondera entrar na corrida para receber o Festival Eurovisão 2022

 O diretor artístico da Arena de Verona manifestou o interesse de receber o Festival Eurovisão 2022, apesar de reconhecer a baixa probabilidade de ser escolhida.

A corrida pela organização do Festival Eurovisão 2022 já começou e várias cidades já manifestaram interesse em sediar o concurso internacional do próximo ano. Depois de Milão, Bolonha, PésaroRoma, TurimReggio EmiliaRimini e Florença terem admitido entrar na corrida, também Verona manifestou interesse numa candidatura.

Gianmarco Mazzi, diretor artístico da histórica Arena de Verona, apresentou a arena como um potencial local para albergar o Festival Eurovisão 2022: "Nunca digo nunca na vida mas quero ser sincero: acho que vai ser muito difícil. A Eurovisião prevê estruturas que logisticamente não se conciliam com o nosso anfiteatro, demoram meses de trabalho e, por isso, escolhem locais cobertos para o concurso" frisou admitindo a baixa probabilidade da Arena de Verona ser escolhida, mas mantem a esperança na candidatura, "Temos um presidente que pisa forte no acelerador e faz de tudo para trazer os grandes eventos para Verona, então eu nunca diria nunca, mas será muito difícil ver a Eurovisão em Verona".

De realçar que, em 2020, a Arena de Verona esteve em destaque no mundo eurovisivo com Diodato, representante italiano no Festival Eurovisão de 2020, a interpretar "Fai Rumore" no anfiteatro romano totalmente vazio.


Vencedores do Festival di Sanremo 2021, os Maneskin representaram Itália no Festival Eurovisão 2021 com "Zitti E Buoni", tendo alcançado o 1.º lugar na Grande Final com 524 pontos, fruto do primeiro lugar no televoto com 318 pontos e do quarto lugar no júri com 206 pontos.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem: ESCPortugal/ Vídeo: EurovisionTV 

Sem comentários