[ESPECIAL 2021] Quem nos deixou no ano que passou



Apresentamos nestes primeiros dias do ano uma série de artigos especiais como balanço do ano de 2021. No ano que agora terminou, muitas pessoas partiram e todas elas deixaram saudades no mundo eurovisivo. O ESCPORTUGAL registou as partidas de apresentadores, autores, compositores e intérpretes que, na sua carreira, marcaram presença e fazem parte da história do Festival da Canção e Festival Eurovisão. Vamos recordar:

Faleceu o cantor Carlos do Carmo, representante de Portugal em 1976
Notícia triste logo nas primeiras horas de 2021: Carlos do Carmo, representante de Portugal no Festival Eurovisão de 1976, falecera aos 81 anos, vítima de um aneurisma na aorta. O Governo decretou Dia de Luto Nacional e "Lisboa Menina e Moça" tornou-se a canção oficial de Lisboa.


Morreu o cantor e compositor Liam Reilly, segundo classificado em 1990
Ainda no primeiro dia do 2021 falecia o cantor e compositor irlandês Liam Reilly, que terminara em 2.º lugar no Festival Eurovisão de 1990. Tinha 65 anos.

Com várias participações no Festivali i Këngës, a última delas em 2018, o cantor e compositor Kujtim Prodani faleceu, no início do ano, vítima de Covid-19, com 57 anos. Meses antes havia lançado uma canção dedicada a todos os afetados pela pandemia, "Ju Flet Korona".

O cantor, compositor e escritor Paulo Abreu Lima faleceu, a 12 de janeiro, aos 72 anos. A última participação no Festival da Canção aconteceu em 2014, tendo feito a sua estreia em 2001.

O cantor, compositor e produtor Pave Maijanen, representante do país no Festival Eurovisão 1992, faleceu, aos 70 anos, vítima de esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa do sistema nervoso que o obrigou a pôr fim à carreira musical no final de 2020

Örs Siklósi, representante húngaro em Lisboa, deixou-nos ao 29 anos
O cantor Örs Siklósi, vocalista dos AWS e representante húngaro no Festival Eurovisão 2018, faleceu, em fevereiro, aos 29 anos, perdendo a luta contra uma leucemia, com a qual lutava desde junho de 2020.



Faleceu o músico e compositor Sanja Ilić, representante da Sérvia no Festival Eurovisão em Lisboa. Tinha 69 anos e não resistiu a complicações provenientes da infeção de Covid-19.

Morreu o cantor e compositor francês Jean Baudlot, representante do Mónaco no Festival Eurovisão de 1979 com o nome artístico de Laurent Vaguener.

O cantor suíço Patrick Juvet, participante no Festival Eurovisão de 1973, foi encontrado morto num apartamento em Barcelona. As causas da morte do artista não foram reveladas.

Faleceu o compositor de "What's Another Year", Shay Healy
Morreu Shay Healy, compositor irlandês responsável por "What's Another Year", tema vencedor do Festival Eurovisão de 1980. Tinha 78 anos.




Artur Garcia faleceu na véspera de comemorar o 84.º aniversário
Participante nas primeiras edições do Festival da Canção, o cantor Artur Garcia faleceu, a 15 de abril, na véspera de comemorar o 84.º aniversário.

O cantor, compositor e ator cómico Fredi faleceu, em abril, aos 78 anos. O artista representou a Finlândia no Festival Eurovisão em três ocasiões, enquanto intérprete e compositor.

A atriz Maria João Abreu faleceu, a 13 de maio, aos 57 anos, depois de ter sofrido um aneurisma há duas semanas. Em 1984, integrou os coros de Rita Ribeiro no Festival da Canção.

Faleceu Svante Thuresson, segundo classificado no Festival Eurovisão de 1966
Svante Thuresson, representante sueco no Festival Eurovisão de 1966, onde alcançou o 2.º lugar na classificação final, faleceu aos 84 anos, vítima de doença prolongada.

Morreu o cantor e compositor italiano Franco Battiato
Franco Battiato, representante italiano no Festival Eurovisão de 1984, faleceu aos 76 anos, com a família a não revelar as causas da morte do artista.

Faleceu o maestro Luís Duarte, participante na Eurovisão em 1982 e 1989
Responsável pela direção de orquestra nas participações das Doce e dos Da Vinci no Festival Eurovisão, o maestro Luís Duarte, que também participou em várias edições do Festival da Canção, faleceu aos 71 anos, vítima de doença prolongada.



Antigo recordista do Festival Eurovisão, Djivan Gasparyan, faleceu aos 92 anos
O músico folk e compositor arménio Djivan Gasparyan, que subiu ao palco no Festival Eurovisão 2010 ao lado de Eva Rivas, faleceu aos 92 anos. Foi distinguido pela UNESCO e indicado ao Grammy de Melhor Álbum de Música Tradicional.

Morreu o cantor John Lawton, participante no Festival Eurovisão de 1976
O cantor John Lawton, representante da Alemanha no Festival Eurovisão de 1976 enquanto membro dos Les Humphries Singers, faleceu aos 74 anos.

Faleceu o pianista e maestro Curt-Eric Holmquist
O pianista e maestro Curt-Eric Holmquist, participante em seis edições do Festival Eurovisão, faleceu aos 73 anos, vítima de leucemia.

Morreu Carmelo Martínez, representante de Espanha no Festival Eurovisão de 1988
O cantor Carmelo Martínez, representante de Espanha no Festival Eurovisão de 1988, faleceu, aos 64 anos, não tendo sido revelada a causa da morte.



Faleceu Igor Vovkovinskiy, o "gigante" do Festival Eurovisão 2013
O ator e artista Igor Vovkovinskiy, de nacionalidade ucraniana e norte-americana, faleceu a 20 de agosto, fruto de doença cardíaca. Igor tinha 2,34 metros de altura, sendo um dos homens mais altos do Mundo, e participou no Festival Eurovisão em 2013.

Stefaan Fernande, jurado do Festival Eurovisão 2021, faleceu aos 54 anos
O compositor belga Stefaan Fernande, responsável por "Dum Tek Tek" e um dos jurados do Festival Eurovisão 2021, faleceu, repentinamente, aos 54 anos.

Morreu a cantora espanhola Maria Mendola, uma das integrantes do duo Baccara. A formação representou o Luxemburgo no Festival Eurovisão de 1978.



Morreu Guilherme Inês, co-autor de "Não Sejas Mau P'ra Mim"
Faleceu o músico Guilherme Inês, integrante dos Salada de Frutas e do Quarteto 1111 e vencedor do Festival da Canção de 1986 com "Não Sejas Mau P'ra Mim". O artista morreu, em Lisboa, aos 70 anos.

O músico Johnny Galvão, participante em várias edições do Festival da Canção, faleceu aos 79 anos. 

Faleceu a cantora Claude Lombard, representante da Bélgica no Festival Eurovisão de 1968. Tinha 76 anos.

Considerada uma das mais influentes e admiradas compositoras dos balcãs, Marina Tucaković faleceu, em setembro, aos 67 anos. Com mais de 5 mil canções da sua autoria, participou em quatro edições do Festival Eurovisão. 


Faleceu o cantor Hayko, representante da Arménia no Festival Eurovisão 2007. Tinha 44 anos e não resistiu à infeção de Covid-19.

Faleceu Franck Olivier, representante luxemburguês no Festival Eurovisão 1985
Faleceu o cantor belga Franck Olivier, representante do Luxemburgo no Festival Eurovisão de 1985. Tinha 73 anos e perdeu a luta contra um cancro no fígado.

Faleceu Edmundo Silva, representante de Portugal no Festival Eurovisão de 1977, vítima de doença prolongada. Tinha 81 anos.



Faleceu Laila Halme, representante finlandesa no Festival Eurovisão de 1963
Faleceu a cantora finlandesa Laila Halme, participante no Festival Eurovisão de 1963, depois de ter sofrido um derrame cerebral seguido de um ataque cardíaco

Faleceu Emil Ramsauer, artista recordista do Festival Eurovisão
Faleceu o artista mais velho a subir ao palco do Festival Eurovisão, Emil Ramsauer. O representante helvético em 2013 tinha 103 anos.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários