[ESPECIAL 2020] Quem nos deixou no ano que passou

Apresentamos nestes primeiros dias do ano uma série de artigos especiais como balanço do ano de 2020. No ano que agora terminou, muitas pessoas partiram e todas elas deixaram saudades no mundo eurovisivo. O ESCPORTUGAL registou as partidas de apresentadores, autores, compositores e intérpretes que, na sua carreira, marcaram presença e fazem parte da história do Festival da Canção e Festival Eurovisão. Vamos recordar:

Faleceu o apresentador e comentador Larry Gogan
Com 85 anos, o apresentador e comentador irlandês Larry Gogan deixou-nos nos primeiros dias de 2020. Com mais de 60 anos de rádio e televisão, Larry foi o responsável pela cobertura de 23 edições do Festival Eurovisão entre 1978 e 2008.

Faleceu Ljiljana Petrović, a primeira representante jjugoslava no Festival Eurovisão
Ljilijana Petrovic foi a responsável pela estreia da Jugoslávia no Festival Eurovisão em 1961, onde terminou em 8.º lugar. A cantora faleceu aos 81 anos, não tendo sido revelada a causa da morte.

Faleceu a apresentadora britânica Caroline Flack
Comentadora britânica no Festival Eurovisão 2008, Carolina Flack foi encontrada sem vida em sua casa, depois de ter cometido suicídio. Tinha 40 anos.

Faleceu a cantora Pearl Carr
Pearl Carr, segunda classificada no Festival Eurovisão de 1959 ao lado do seu esposo Teddy Johnson , faleceu, em fevereiro, aos 98 anos, dois anos depois da morte do seu marido.

Faleceu Jahn Teigen, representante da Noruega em três edições
O cantor Jahn Teigen, representante da Noruega no Festival Eurovisão de 1978, 1982 e 1983, faleceu aos 70 anos. As cerimónias fúnebres tiveram cobertura televisiva, com Alexandre Rybak a ser um dos artistas convidados (AQUI).


Morreu o compositor Bill Martin
Bill Martin, compositor vencedor do Festival Eurovisão de 1967 e membro da Excelentíssima Ordem do Império Britânico, faleceu, em março, aos 81 anos, não tendo sido reveladas as causas da morte.

Faleceu o cantor e compositor Dries Holten
O cantor e compositor Dries Holten, representante dos Países Baixos no Festival Eurovisão de 1972, faleceu aos 84 anos, vítima de doença oncológica.

Morreu Maria Helena Varela Santos, apresentadora do Festival da Canção de 1964
Maria Helena Varela Santos, apresentadora da primeira edição do Festival da Canção, morreu, aos 86 anos, vítima de doença prolongada.

Faleceu Tó Maria Vinhas, letrista de "Dança Comigo (vem ser feliz)"
Faleceu o cantor e compositor de Tó Maria Vinhas, um dos responsáveis de "Dança Comigo (vem ser feliz)". Tinha 76 anos.

Faleceu Rajko Dujmić, vencedor do Festival Eurovisão de 1989
O cantor e compositor Rajko Dujmić, vencedor do Festival Eurovisão de 1989 e participante em 1987, faleceu aos 65 anos de idade, vítima de um acidente de viação.

Morreu Agathonas Iakovidis, representante grego no Festival Eurovisão 2013
O cantor grego Agathonas Iakovidis, representante do país no Festival Eurovisão 2013, foi encontrado sem vida na sua casa. O artista, sexto classificado em Malmö, tinha 65 anos.


Faleceu a cantora Ulla Pia, representante da Dinamarca no Festival Eurovisão de 1966. A artista tinha 75 anos e sucumbiu a um cancro nas costas.

Joseph Reynaerts morre vítima de Covid-19
O cantor Joseph Reynaerts, representante da Bélgica no Festival Eurovisão de 1988, foi a primeira vítima de Covid-19 no mundo eurovisivo. Tinha 65 anos.

Faleceu o maestro Ossi Runne, participante em 22 edições do Festival Eurovisão
Faleceu o último dos três emblemáticos maestros da história do Festival Eurovisão: Ossi Runne. O maestro e compositor tinha 93 anos e conduziu a orquestra eurovisiva em 22 edições.


Faleceu o cantor e compositor Timur Selçuk
Faleceu o cantor e compositor Timur Selçuk, responsável por um dos momentos mais memoráveis da orquestra no Festival Eurovisão.

O cantor croata Kićo Slabinac, representante da Jugoslávia no Festival Eurovisão de 1971, faleceu aos 76 anos, devido a uma doença coronária.

Faleceu Tadej Hrušovar, representante da Jugoslávia no Festival Eurovisão 1975
Faleceu o cantor e compositor Tadej Hrušovar, fundador do grupo esloveno Pepel in Kri. Representou a Jugoslávia no Festival Eurovisão de 1975 e acompanhou Toto Cotugno na vitória eurovisiva de 1990.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários