[IMAGENS] FC2020: Gus Liberdade e Luiz Caracol gravam 'postcard' na Fábrica-Museu da Ameixa de Elvas


Gus Liberdade e Luiz Caracol, acompanhados pelo autor António Avelar Pinho, gravaram o seu 'postcard' para o Festival da Canção 2020 na Fábrica-Museu da Ameixa de Elvas

A RTP revelou, esta manhã, a localização das gravações de mais um postcard para o Festival da Canção 2020. Gus Liberdade e Luiz Caracol, acompanhados pelo autor António Avelar Pinho rumaram à cidade de Elvas, para gravar o cartão-postal na Fábrica-Museu da Ameixa.




Ver esta publicação no Instagram

GRAVAÇÃO DO POSTCARD: Gus Liberdade e o Luiz Caracol foram até ao Museu da Ameixa, em Elvas, acompanhado por António Avelar Pinto, para gravarem o vídeo de apresentação da canção Dói-me o País. Vão poder ouvi-la na 2.ª semifinal. • • • Gus Liberdade foi concorrente, em 2006 e 2007, dos Festivais Júnior da Canção da RTP. A partir daí, não mais deixou de trabalhar como músico e compositor, tendo em 2009 lançado o seu primeiro álbum de originais. Integrou bandas, mas trabalhou igualmente como músico/produtor (ao vivo e em estúdio) para músicos como NBC, Filipe Keil ou Gabriel Petra. Criou ainda, diversas bandas sonoras e fez sonoplastia para curtas-metragens e peças de teatro. Luiz Caracol é músico, cantor e autor. Ao longo dos últimos anos, partilhou o palco e participou em projetos com artistas como Sara Tavares, Tito Paris, Jorge Palma, Narf, Manecas Costa, Pierre Aderne, Budiño, Javier Limon, Couple Coffee, Uxía, Susana Travassos, entre outros. Em 2013 editou álbum de estreia, “Devagar”. Em 2017 lançou o segundo álbum “Metade e meia”. Neste momento está a preparar o seu próximo disco a solo, que irá chamar-se “só.tão“, a editar em 2020. #festivaldacancao #municipiodeelvas #elvas #rtp
Uma publicação partilhada por Festival da Canção (@festivaldacancao.rtp) a

Localizada na antiga fábrica Frutas Doces, fundada em 1919, é hoje a única fábrica de Ameixas de Elvas ainda a laborar de acordo com o processo tradicional e a receita original dos conventos quinhentistas. A Fábrica-Museu Ameixa de Elvas é uma viagem no tempo que leva até ao início do século XX, a acompanhar um dia de trabalho numa pequena indústria artesanal de frutas conservadas em açúcar, assistindo à confeção das famosas ameixas rainha-cláudia.


Recorde, de seguida, os restantes postcards:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP / Imagem: Google

Sem comentários