[ZONA DE DISCOS #129] Victor Crone - "Troubled Waters"


Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. 
Esta semana, a análise recai no primeiro álbum de Victor Crone.
O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.


Lançamento: 22 de fevereiro de 2020
Nota: 5/10
O sueco Victor Crone conseguiu a sua consagração eurovisiva ao representar a Estónia, em 2019, com “Storm”, canção que, contra muitas expectativas, conseguiu o apuramento para a final, tendo ainda um desempenho satisfatório em algumas tabelas de singles na semana pós Telavive. 
Victor Crone não é, contudo, somente mais um jovem aspirante à carreira de cantor. Aos 15 anos quando viajou até Los Angeles e Nashville para escrever música, demonstrou já a sua grande vontade em ser um artista completo. Desde 2014, tem vindo, paulatinamente, a construir a sua carreira discográfica e o grande passo na Suécia é dado com a chegada à final do Melodifestivalen 2020, com “Troubled Waters”, precisamente o tema que acaba por impulsionar este primeiro álbum.
“Troubled Waters”, ao contrário daquilo que o título podia indiciar não tem nada de problemático, ou melhor, o problema destas águas é serem demasiadamente calmas. É um disco mau? Não, e até nem tem nenhum tema a que se possa chamar de “filler”, mas falta “aquele tema”, o hit. Se a contribuição para o Melodifestivalen 2020 é um momento mid tempo, com uma sonoridade muito em voga nos atuais cânones da pop, com ligeira inspiração a Nashville, o restante álbum, apesar de alguma variações, é indubitavelmente pautado por uma atmosfera radiofónica, sendo bastante o material para ingressar várias playlists, embora num registo ainda um pouco anónimo, sem sabermos muito bem quem canta a canção que estamos a ouvir.
As narrativas apresentas centram-se, sem grande surpresa, nos amores e desamores, numa perspetiva masculina. Uma participação na próxima edição do Melodifestivalen poderá contribuir para Victor Crone se manter à tona dos novos nomes do panorama musical sueco e, quem sabe, possibilitar-lhe ter um sucesso em definitivo.
Dos 7 temas que compõem o álbum, destacamos “21 minutes” e “These days”. Um álbum agradável, que se ouve bem – muito ajuda a curta duração – mas que nos parece mais o início da construção de um currículo discográfico do que algo destinado a deixar qualquer marca no mundo dos lançamentos 2020.

Temas promocionais
Troubled Waters



This can’t be love

Alinhamento
Troubled Waters
This can’t be love
Venice
All of me
21 minutes
Conversations with my Ex
These days – demo version

Tema destacado por Carlos Carvalho: “21 minutes” e “These days”


A ver

Victor Crone “Troubled Waters” | Melodifestivalen 2020 Final (INTERVIEW)

Pode ouvir o disco AQUI.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIÃO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários