[IMAGENS] ESC2018: Ari Ólafsson, da Islândia, gravou cartão-postal em Lisboa


O cantor islandês Ari Ólafsson gravou o seu postcard para o Festival Eurovisão 2018 em Lisboa. O Museu da Marioneta e o Parque Eduardo VII foram os locais que receberam as gravações.

Ari Ólafsson, da Islândia, esteve em Lisboa para a gravação do seu postal de apresentação num passeio que começou no Parque Eduardo VII, no topo da Praça do Marquês de Pombal, local escolhido para dar início à descoberta da capital. Durante a tarde conheceu o Museu da Marioneta, instalado no Convento das Bernardas.

O cantor de 19 anos, Ari Ólafsson, concorre com a canção escrita por Thorunn Clausen, “Our choice”. Depois de ter competido no The Voice Islândia, em 2015, o intérprete realiza, agora, um dos seus maiores sonhos, representar o seu país no Festival Eurovisão da Canção. Ari atua na primeira semifinal, a 8 de maio. 

Aproveitando a sua primeira viagem a Portugal, o cantor aproveitou para passear pela capital e visitar outros pontos de interesse, como demonstram as imagens que publicou nas redes sociais:


Apesar do mau tempo que se fez sentir nos dois dias de gravações, o jovem cantor não perdeu a boa disposição que o caracteriza, partilhando diversas imagens sempre que o sol... resolvia aparecer. 




O Museu da Marioneta encontra-se, desde Novembro de 2001, instalado no Convento das Bernardas em Lisboa, constituindo-se como o primeiro espaço museológico em Portugal inteiramente dedicado à interpretação e divulgação da história da marioneta e difusão do teatro de marionetas, percorrendo a história desta fascinante forma de arte através do mundo, apresentando os diferentes tipos de marionetas e as diversas abordagens que elas permitem, com especial relevo para a marioneta portuguesa. O espólio do museu tem vindo a ser progressivamente alargado e diversificado, ilustrando as diferentes formas teatrais que derivam de tradições antigas ou emergem de procuras artísticas contemporâneas, explorando novas formas, novos materiais e novas técnicas. 

Recorde, de seguida, os postcards do Festival Eurovisão 2018 que já foram gravados:

Albânia (Aveiro) - AQUI 
Alemanha (Madeira) - AQUI
ARJ Macedónia (Lisboa) - AQUI
Arménia (Grândola) - AQUI
Áustria (Idanha-a-Nova) - AQUI
Azerbaijão (Reguengos de Monsaraz) - AQUI
Bélgica (Lisboa) - AQUI
Bielorrússia (Lisboa) - AQUI
Bulgária (Lisboa) - AQUI
Chipre (Lisboa) - AQUI
Croácia (Lousã) - AQUI
Dinamarca (Mafra) - AQUI
Eslovénia (Faial) - AQUI
Estónia (Sintra) - AQUI
Espanha (São Miguel) - AQUI
França (Viana do Castelo) - AQUI
Geórgia (Lisboa) - AQUI
Hungria (Óbidos) - AQUI
Holanda (Lisboa) - AQUI
Irlanda (Porto Santo) - AQUI
Israel (Lisboa) - AQUI
Itália (Porto) - AQUI
Malta (Alter do Chão) - AQUI
Moldávia (Chaves) - AQUI
Montenegro (Lisboa) - AQUI
Polónia (Ericeira) - AQUI
Portugal (Almada) - AQUI
Reino Unido (São Miguel) - AQUI
República Checa (Podence) - AQUI
Roménia (Arouca) - AQUI
Rússia (Lisboa) - AQUI
São Marino (Funchal) - AQUI
Sérvia (Vila Nova de Gaia) - AQUI
Suíça (Porto) - AQUI
Suécia (Covilhã) - AQUI
Ucrânia (Vila Nova de Milfontes) - AQUI

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Instagram

25 comentários:

  1. Anónimo15:56

    Pena o tempo... estes postais não vão vender a ideia de um Portugal solarengo e ameno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:13

      acha que é preciso vender essa ideia ainda mais do que ja tem sido vendida?
      se só mostrarem imagens de céu azul é que estão a enganar as pessoas.

      Eliminar
    2. E ainda houve quem dissesse o contrário...que estávamos só a vender praia e afins.

      Ainda hoje no instagram da representante da Lituânia, a mesma publicou imagens do postcard no Caramulo e juro que olhando para a imagem parecia a Irlanda ou algo parecido.

      Mas há por aqui "mentes brilhantes" que querem vender Portugal como um país de neve.Para quê?Para chegar à Serra da Estrela um sueco ou um norueguês e ficar a pensar "é só isto?".A Serra da Estrela é diferente e engraçada para nós,tugas. Para um estrangeiro do norte da Europa é insignificante.

      Dou um exemplo:o Quémia tem a montanha do Quilimanjaro sempre com neve.Alguem associa, alguma vez, neve ao Quénia?É isso que vende? Acho que está tudo dito.

      Eliminar
    3. Anónimo17:21

      Era o que eu dizer xD, espero que nos dias da Eurovisão (Blue Carpet e os Live Shows) esteja bom tempo!

      Eliminar
    4. Anónimo19:35

      Anónimo das 17:03 realmente tem razão, temos que mostrar o pais real...vamos então fazer postcards no meio de tempestades,inundações...já agora porque não num bairro social dos arredores de Lisboa/Porto ou na floresta queimada no interior de Portugal?

      Assim não enganamos ninguem e de certeza que há imensos turistas interessados em ver isso!!

      P.S:Obvio que estou a ser irónico e que há pessoas que não têm mínima noção de turismo e do que representa a marca Portugal.

      Eliminar
    5. Marco Nunes não não está tudo dito, longe disso!O Quénia é mais conhecido pelos safaris. Acha que em África há pratica de desportos de inverno? Quando se vai a áfrica não é seguramente para ver neve.
      Ninguém quis vender Portugal como país de neve! Mas acaso a neve não faz parte do país? Essa ideia mais que batida do sol e mar já toda a gente conhece e é altamente enganadora!O que se pretendeu foi obviamente incluir a neve nos postcards. Fale com os polacos que estiveram cá na semana passada, queixando-se que estava mais frio em Évora do que na Polónia.
      Se passar os olhos pelos PENT-Plano Estratégico Nacional de Turismo vai ficar a saber que o turismo em Portugal apesar de ser um sector dinÂmico apresenta fragilidades. Tem forte dependência de 4 mercados emissores e forte sazonalidade.
      Um sueco ou norueguÊs na serra da estrela ficaria mt admirado pelo facto dos carros chegarem ao topo da montanha (acredite não é normal! Lá fora nem estrada de alcatrão há nesses parques). Talvez não saiba mas na serra da estrela está o maior vale glaciar da europa! (não é na Noruega ou na Suécia, é em Portugal!).
      Vender apenas sol e mar? Não lhe parece pouco? Não lhe parece mais do mesmo? Acha que faz justiça há enorme diversidade do país? E pegando no seu raciocínio Malta ou Chipre não têm uma estância de ski, podiam perfeitamente ter filmado lá o seu postcards.
      Fique ainda a saber que a Serra da Estrela hoje dia 21 de Abril está cheia de neve, coisa que nas montanhas da Polonia não acontece!!!) As praias que mostram os postcards e a ilhas são assim tão excepcionais? Não há nada do género na europa? Assim de repente só na Grécia há centenas...
      É preciso sair dessa ideia bloqueada de apenas sol e mar. "Os turistas adoram o nosso clima" ai sim? que turistas? Do norte da europa? E os outros?
      A minha sugestão é a mesma: Informe-se sobre o PENT e sobre a enorme e impressionante diversidade do país e depois diga se não faz todo o sentido alargar horizontes e sair desse bloqueio do "sol e mar" 300dias por ano...
      Cordialmente

      Eliminar
    6. Unknown...não adianta estar a apresentar estudos de turismo e nem casos pontuais para tentar contrapor o que eu disse...vamos ser diretos e praticos: Portugal é conhecido por ser um país de sol.Qualquer pessoa que esteja a ver a Eurovisão não vai deixar de fazer ferias de Inverno na Suiça,Austria,França ou até mesmo aqui ao lado em Espanha só porque viu alguem a andar sobre neve em Portugal.Nenhuma empresa de viagens no estrangeiro vende programas de neve em Portugal.E o proprio turismo de Portugal não vende a Serra da Estrela como destino de neve,mas sim como destino de montanha, o que vai uma grande diferença (aí sim pode vale a pena).

      Já para não falar que a Serra da Estrela nem neve permanente tem e muitas vezes no Inverno é usada neve artificial.

      Em relação ao resto do seu post...se eu fosse cipriota ou maltês iria para um país como Suiça ou França ou Austria para ver neve, não iria para Portugal.Da mesma maneira um polaco se quiser fazer turismo de Verão e praia, não vai de certeza para a Noruega ou para a Suécia.E sim Portugal tem praias únicas e das melhores do mundo (é só procurar as centenas de artigos na NET).

      Não pense que é um video de 40 segundos num programa de TV vai mudar o facto de pura e simplesmente Portugal não ter condições de ser um país associado à neve.

      Obviamente que seria perfeito que isso pudesse acontecer de forma viavel, mas nem a geografia nem o clima permitem isso.

      Cumprimentos.

      Eliminar
    7. Mas que grande confusão que para aqui vai! Um Plano Estratégico Nacional não é apenas um "estudo de turismo"! Uma equipa multidisciplinar constituida pelos melhores especialistas na matéria, estuda, reflecte, diagnostica e propóe um plano estratégico nacional. Qualquer pessoa que aconselhe a não ler e a não fundamentar a sua opinião pelo estudo mais elabadorado que se fez neste país sobre turismo não pode ser levado a sério sequer! Há planos estratégicos nacionais para todas as áreas (educação, agricultura, saúde, turismo etc )
      Diz que Portugal é conhecido por ser um destino de sol? A sério?!? Claro que sim quem disse o contrário? O Marketing territorial neste país é fortissimo sobre sol e mar. São décadas de promoção de sol e mar. E depois? Isso faz com que só se possa promover turismo de sol e mar? Os postcards servem para vender uma ideia já consolidada? Vamos vender aquilo que já toda a gente conhece? Não vamos aproveitar 200milhoes de telespectadores para mostar o diversidade do país? Não vamos surpreender? Aparecer imagens de neve não transforma o país num destino de neve!! Simplesmente vende a realidade do país que é isso que o PENT diz e sugere (promover a diversidade do país, valorizar a diversidade paisagistica e climatérica do país). Acha normal tanta gente na europa nem sequer desconfiar que neva em Portugal? Vêem uma imagem de neve neste país e comentam "meu Deus neve em Portugal é o fim do mundo".
      Vou-lhe dar uma noticia triste, na europa ocidental praticamente já não há neves permanentes, na Estrela já houve (faz bem em não comentar a existência do maior vale glaciar da europa...)
      Não sabe que o turismo balnear está em queda? É o turismo cultural o que mais tem crescido, o turista é cada vez mais exigente...e é o touring cultural e paisagistico e o turismo de natureza que mais tem crescido. Está lá no PENT.
      Se eu fosse do norte da europa e procurasse uma praia de agua clara e quente, garantidamente não escolhia Portugal. Água é fria, e praias são mt ventosoas. Não conseguem competir com outras zonas da europa e é por isso que Portugal não é o sul de espanha nem o sul de França nem o sul de Italia, nem as ilhas gregas nem a Turquia nem o Adriático... Se procurasse castelos e palácios tb daria prioridade a outros páises que os têm em maior nº e com valor mais excepcional.
      Quanto à deturpação que faz dos exemplos que dei de Chipre de Malta, até tenho receio que me diga que o postcard de Chipre foi feito a confeccionar um prato portuguÊs, na expectativa de aumentar o consumo de produtos portugueses no grande mercado cipriota.
      Está completamente enganado em relação ao turismo de neve. Portugal tem e é procurado tb por estrangeiros, fora da europa na sua maioria mas são estrangeiros.
      Não pense que é mais um video de promoção ao turismo em Portugal que so vende sol e mar que vai esconder a realidade do país. Choveu mt mais em Portugal no mês de março que no resto da europa, e nevou mt mais na estrela que em várias zonas da europa.
      Não sei se sabe mas Portugal tem regiões com temperatura média anual de 9º, com mais de 9meses de geada e dias, vários dias de neve por ano. Regiões que não produzem vinho, nem azeite nem trigo e pasme-se, uma delas foi classificada esta semana como Património Agricola da Humanidade pela UNESCO. Tem raça de gado autoctone e faz um frio de morte grande parte do ano. Foi "censurada" porque não encaixa no esteriotico de "sol e mar" o ano inteiro. E é apenas e somente esse tipo de promoção que o senhor quer fazer... Não há um video de promoção do turismo em Portugal que não venda apenas e somente o ceu azul Há um que vai ainda mais longe no disparate e diz "300dias de sol por ano"
      O senhor veio apenas vender mais do mesmo, bater na mesma tecla, vender uma ideia já tão consolidada. Ficou bloqueado no sol e mar e acha que qualquer outra ideia é forçar uma realidade que não existe no país. Com o devido respeito mas é uma ideia muito pobrezinha e sem visão estratégica.
      Cordialmente

      Eliminar
  2. Nem um no Algarve. É sem sombra de dúvida um erro muito grande da organização porque o país necesita de turistas que se querem relachar e as melhores praias e clima estam no Algarve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Letónia e a Finlândia gravaram no Algarve.

      Eliminar
    2. Anónimo17:14

      2 países filmaram o postal no Algarve...

      Eliminar
    3. Ricardo17:59

      Outra vez arroz?

      Eliminar
    4. Anónimo18:05

      De novo essa conversa? Lol Grecia e Finlândia ravaram no Algarve.

      Eliminar
    5. Anónimo18:28

      @16:07
      Desculpa, mas o Algarve não esteve à espera da Eurovisão pra ter dezenas de milhares de turistas! E filmaram lá postáis, aliás já estão todos! - Foi dito na emissão "1 mês para a ESC".

      E o que o país precisa é de turistas com DINHEIRO pra gastar, e não turistas que vêm de camping-car e que só comem do mais barato porque PT tem fama de baratíssimo!
      Este turismo de massa vai matar o "charme genuíno" do país.
      Como canta o povo "Lisboa não sejas francesa..." ( é válido para qualquer país. Atrair, sim. Dar dado, não!)

      Eliminar
    6. Anónimo18:29

      O da Finlândia e o da Letónia foram gravados no Algarve.

      Eliminar
  3. Anónimo16:13

    Até que enfim: um postal em Lisboa! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:14

      Hahahaha

      Eliminar
    2. Anónimo18:50

      hehehheeheh esteve bem agora!

      Eliminar
  4. Anónimo17:36

    Mais do que ser em sitio x,y ou z o que me choca mais é a exagerada repetição de conceitos nos postcards.

    Tirando uma ou outra excepção (como este post),só vejo paisagens e comida,paisagens e comida.Não há nada que mostre o quotidiano da sociedade portuguesa e quase não há postcards gravados em museus,livrarias,teatros,estádios ou outros edificios emblematicos que façam a diferença lá fora.

    Onde está o museu dos coches,a universidade de coimbra, a casa da musica, o parque arqueológico de foz coa, o museu de serralves, o terminal de cruzeiros de Leixões, o estádio de Braga, o aqueduto das aguas livres, o convento de cristo, a capela dos ossos em Evora?

    Enfim,ta tudo a discutir em que sitios estão a ser gravados e eu só vejo cenas de calhaus,praias e os concorrentes a enfardar queijo da serra ou azeite ou pasteis de nata!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso é o que tenho dito deste o ínicio...os temos dos postais andam muito à volta do mesmo.
      Ninguém entrou na biblioteca da universidade de coimbra? na cidade de Bragança? nas sete sais da nazaré? no museu dos coches? no museu do caramulo? Ninguem foi a uma vinha? a um barco de pesca? ninguém mexeu com gado português raças autoctones? ninguém entrou numa floresta?

      Eliminar
    2. Aliás nem era preciso mostrar os edificios, poderiam pura e simplesmente inseri-los dentro de um video com alguma história ou lógica (que saudades dos postcards antigos dos anos 2000).

      Poderiam referenciar o Saramago na Livraria Lello, alguem a sair a noite no Bairro Alto, jogar futebol num dos nossos estadios,ajudar um pastor numa das aldeias de Portugal, os pescadores em Sesimbra,uma orquestra na Casa da Música, ajudar nas vinhas do Douro, as marchas populares e as sardinhadas em alfama, os estudantes em Coimbra,atores a fazer a viagem medieval em santa maria da feira,a castanha nas Beiras...

      Quando vi que o tema dos postcards seria colocar os artistas a fazer atividades em Portugal até fiquei entusiasmado.Mas agora que vi o resultado, parece-me mais que não vai passar de vídeos promocionais com aspecto super superficial.Para isso mais valia fazer como o Azerbaijão quando organizou:espetou com vídeos de imagens do pais sem nem sequer mostrar o artista ou o pais a atuar.Ao menos poupava-se dinheiro com a vinda do artista LOL.

      Mas pronto, melhor que nada e temos que aproveitar que só daqui a 70 anos é que voltamos a ganhar LOL

      Eliminar
    3. " parece-me mais que não vai passar de vídeos promocionais com aspecto super superficial." LOL sem comemntários...

      Eliminar
  5. Anónimo19:48

    Não havia necessidade de fazer tantos postcards em Lisboa, quando os holofotes vão estar focados na cidade nos quinze dias de ensaios e shows com reportagens feitas pela imprensa internacional.
    Então os postcards no Mercado da Ribeira com Chipre e Feira da Ladra com Bielorrússia não fazem qualquer sentido quando há feiras de velharias espalhadas por essa Europa fora.
    A região Centro fica muito mal representada só com três postais ( Lousã, Óbidos e Covilhã), distritos de Viseu, Guarda e Santarém a zeros, para não falar de termos só Viana do Castelo a representar o Minho.

    ResponderEliminar
  6. Concordo inteiramente com os comentários que li sobre o exagero de postais de Lisboa, que não fazem sentido nenhum e ficarem de fora sítios, tradições, património tão rico e diverso que temos no nosso país. Mesmo os postais de Lisboa foram muito mal escolhidos, não faz sentido não haver uma referência a uma casa de fado, uma das maiores tradições culturais do nosso país e de Lx. É impensável não fazerem referência a Coimbra e ao maravilhoso som da sua guitarra, a locais património mundial e a outros magníficos que temos, como o Douro vinhateiro, Mértola, Évora. E como já alguém não havia necessidade de tanta insistência em Lisboa, visto que vai 15 dias de espetáculos e visibilidade permanente no ESC. Devia ter sido feita uma votação a nível nacional para escolher os postais, ninguém se lembrou disso, é pena. A escolha dos postais ficou entregue a uma pessoa apenas, imagino que seja Lisboeta!!!

    ResponderEliminar