Slider

ESC2023: UA:PBC emite comunicado oficial sobre o Festival Eurovisão 2023

 A emissora ucraniana UA:PBC emitiu um comunicado oficial sobre a decisão da EBU/UER para com o Festival Eurovisão 2023, revelando ter proposto organizar o evento em Kiev, Lviv e Zakarpattia.


A emissora estatal da Ucrânia (UA:PBC) emitiu, esta tarde, um comunicado oficial depois da EBU/UER ter anunciado que o Festival Eurovisão 2023 não teria lugar na Ucrânia e que iniciou as negociações com a emissora do Reino Unido para a organização do evento.

"A 17 de junho, a EBU/UER negou à Ucrânia o direito de sediar o Festival Eurovisão de 2023 depois de analisar a situação de segurança em 2022 (...) Estamos desapontados com esta decisão. Durante este mês, um grande número de pessoas focou os seus esforços para cumprir as condições para a realização do evento. A segurança é, obviamente, a nossa primeira prioridade. A equipa da UA:PBC e as autoridades governamentais e locais fizeram um trabalho minucioso e ofereceram diferentes opções. É uma pena ver uma declaração tão inapelável e, portanto, pedimos aos nossos parceiros que realizem novas negociações" pode ler-se no comunicado.

A emissora ucraniana explica também que "a 14 de junho decorreu a reunião de kickoff da UA:PBC com o Grupo de Referência, parceiros da Eurovisão e a equipa principal da EBU/UER", garantindo ter sido entregue "as garantias e medidas preparatórias, bem como a documentação de segurança e locais potenciais para o evento", revelando que foram propostas três localizações distintas: Lviv, Zakarpattia (na fronteira com a Hungria e a Eslováquia) e Kiev. Por fim, a UA:PBC relembra que "após a vitória dos Kalush Orchestra em Turim, a Ucrânia ganhou o direiro de organizar a Eurovisão do próximo ano. A UA:PBC como membro da EBU/UER garante a seleção e participação da Ucrânia na Eurovisão, evento onde a emissora organiza a edição seguinte à sua vitória".

Segundos classificados no Vidbir 2022, os Kalush Orchestra adquiriram o direito de representar a Ucrânia no Festival Eurovisão 2022 com "Stefania" depois da desclassificação de Alina Pash. Depois da vitória na semifinal, a candidatura conquistou o 1.º lugar na Grande Final do evento com 631 pontos, fruto do 1.º lugar no televoto (439 pontos) e o 4.º lugar no júri (192 pontos), tendo recebido 20 pontos de Portugal (12 do público e 8 do júri).

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESCTODAY / Imagem/ Vídeo: Eurovision.tv
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.