Slider

ESC2021: Emmanuel Macron tentou anular a vitória dos Maneskin no Festival Eurovisão de 2021

O jornalista francês Stéphane Bern, comentador eurovisivo da France 2, revelou que foi contactado por Emmanuel Macron para "fazer alguma coisa" para que os Maneskin fossem desqualificados e França fosse declarada vencedora do Festival Eurovisão 2021.


Praticamente um ano depois da vitória dos Maneskin no Festival Eurovisão 2021 em Roterdão, o jornalista francês Stéphane Bern, comentador da France 2 no certame internacional, revelou, em entrevista à BBC, que foi contactado por Emmanuel Macron no seguimento da polémica que envolveu o vocalista do grupo italiano com o suposto consumo de droga no recinto eurovisivo, algo que foi desmentido posteriormente com um exame toxicológico.

Segundo revelou, Stéphane Bern terá recebido um telefonema do presidente francês que lhe pediu para "fazer alguma coisa" em relação à vitória dos Maneskin, tentando que Itália fosse desqualificada e França, segunda classificada, subisse ao primeiro lugar da classificação. "Foi uma confusão. Recebi tantas mensagens a pedir-me para fazer alguma coisa. O Ministro dos Assuntos Europeus, que estava a ver o concurso em Roterdão, também me enviou mensagens a perguntar o que poderíamos fazer. Mas que poderia eu fazer? Não era o apresentador, nem sou o presidente da Eurovisão" frisou, revelando também que falou com Delphine Ernotte, presidente da EBU/UER, "A Delphine disse que se a França ganhasse teria de ser por mérito e não porque levámos o vencedor a ser desclassificado. Por isso, não protestámos".

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: Expresso / Imagem: ESCPortugal / Vídeo: Eurovision.tv

1
( Hide )

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.