Slider

ESC2022: Finlândia admite boicote ao Festival Eurovisão 2022 caso a Rússia participe

 

A emissora finlandesa YLE admitiu um boicote ao Festival Eurovisão 2022 caso a Rússia participe no evento: "A YLE não pode participar num evento em que a Rússia possa usar a marca para promover os seus próprios interesses".


Depois dos apelos das emissoras da Dinamarca, Noruega, Países Baixos, Suécia e Ucrânia para a desclassificação da Rússia do Festival Eurovisão 2022 e do anúncio de posição neutral da EBU/UER "por enquanto", a emissora finlandesa YLE ameaçou a desistência da participação em Turim caso a posição da organização não seja alterada.

"O ataque da Rússia à Ucrânia é contrário a todos os valores que a YLE e todas as outras emissoras europeias representam. A YLE sempre defendeu a democracia ocidental, o estado de direito, a liberdade de expressão e a dignidade humana" frisou Ville Vilé, diretor da unidade de mídia e conteúdo criativo da YLE, garantindo que a emissora poderá boicotar o evento, caso a Rússia se mantenha a concurso, "A YLE não pode participar num evento em que a Rússia, que atacou descaradamente estes valores, possa usar uma das marcas mais conhecidas da Europa para promover os seus próprios interesses. Espero que a EBU/UER haja de acordo com os seus valores".

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: YLE / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

3
( Hide )
  1. Anónimo13:37

    Espero que outras emissoras sigam o exemplo e pressionem a EBU a descassificar a Rússia

    ResponderEliminar
  2. Anónimo15:57

    Se a EBU não mudar de posição, o melhor é mesmo que todos boicotem, pelo menos a edição deste ano.

    ResponderEliminar

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.