Mónaco: 'Monte-Carlo Riviera', a nova emissora estatal, será lançada em 2022

 O Mónaco lançará, em 2022, uma nova emissora estatal, intitulada Monte-Carlo Riviera, que substituirá a TMC.


Depois de ter sido avançado que o Governo do Mónaco alocou uma verba de 100 mil euros para "iniciar a candidatura do Principado ao Festival Eurovisão 2023", o governo monegasca anunciou o lançamento de uma nova emissora de serviço público em 2022. Intitulada Monte-Carlo Riviera, a nova emissora, que será inteiramente propriedade do governo monegasco, ocupará o lugar da Télé Monte-Carlo (TMC), que agora é propriedade da emissora francesa TF1.

A nova emissora deverá produzir notícias, documentários, talk shows e conteúdo selecionado pelo Príncipe Alberto do Mónaco, tendo sido também revelado que existirá um acordo com a TV5Monde, com a emissora francesa a transmitir notícias do principado uma vez por dia e a transmissão de conteúdo adicional produzido pelo canal.

Deste modo, os planos do regresso do Mónaco ao Festival Eurovisão em 2023 poderão estar relacionados com o lançamento da nova emissora estatal. Contudo, para tal acontecer, a MCR terá de tornar-se membro da União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) até dezembro de 2022, de modo a tornar-se válida a participação no concurso do ano seguinte.

O Mónaco estreou-se na Eurovisão em 1959, tendo participado por 24 ocasiões entre 1959-1979 e 2004-2006. No entanto, o pequeno principado ficou por dezasseis ocasiões no top 10 da competição, tendo vencido em 1971 com a cantora Séverine e o tema Un banc, un arbre, une rue. A última participação do Mónaco esteve a cargo de Séverine Ferrer e o tema La Coco-Dance, que no palco de Atenas não foi além do 21.º lugar com 14 pontos na semifinal.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

Sem comentários