Lena Coelho: "A Teresa Miguel está muito mal e a precisar urgentemente de cuidados continuados"

 Lena Coelho, das Doce, fez um apelo de ajuda para a antiga colega Teresa Miguel, "está muito mal e a precisar de ajuda para conseguir ser internada nos cuidados continuados". A Casa do Artista já assegurou ajuda à cantora.


Depois da própria ter revelado, em julho, que estava há um ano à espera de uma operação devido a um problema na anca, "Já não consigo andar. Só mesmo de canadianas e ainda assim com muitas dores. Até me chamarem, não sei o que vai acontecer", o estado de saúde de Teresa Miguel, membro das DOCE, piorou nas últimas semanas, conforme avançou Lena Coelho, também antiga membro da banda portuguesa, através de um apelo nas redes sociais.

"A Teresa está há ano e meio à espera de ser operada à anca, tem os ossos a desfazerem-se e dores horríveis, atenuadas com pensos de morfina" escreveu nas redes sociais, apelando a ajuda de todos, "Todos falam das Doce mas agora uma das Doce precisa que ajudem a divulgar a sua situação, precisa de ser socorrida antes que aconteça uma desgraça… depois não vale a pena chorar! Por favor ajudem a salvar a Teresa ou arriscamos um dia destes ter uma notícia triste que ninguém quer ouvir".

Poucas horas depois do apelo feito nas redes sociais, Lena Coelho revelou, através das suas contas pessoais, que os atores Luís Aleluia e José Raposo, por via da Apoiarte tomaram a dianteira: "A Apoiarte Casa do Artista através do Luís Aleluia e do Zé Raposo, não ficaram indiferentes e a ajuda chegou para salvar a nossa querida Teresa".

Formadas em 1979 pela mão de Tozé Brito, as Doce foram compostas por Fá (Fátima Padinha), Teresa Miguel, Lena Coelho e Laura Diogo. Fernanda de Sousa, atualmente conhecida por Ágata, integrou o quarteto em duas ocasiões: em 1985, substituiu Lena Coelho durante a sua gravidez, entrado posteriormente na formação no lugar de Fátima Padinha.

A banda portuguesa entrou em quatro edições no Festival da Canção: em 1980 (com "Doce", 2.º lugar), em 1981 (com "Ali-bábá (Um homem das arábias)", 4.º lugar), em 1982 (com "Bem Bom", 1.º lugar) e em 1984 (com "O barquinho da esperança", 11.º lugar). No Festival da Eurovisão, o grupo alcançou o 13.º lugar com 32 pontos, entre 18 países. Por sua vez, Fátima Padinha foi a única das cantoras a regressar ao Festival da Canção a solo, defendendo "Uma balada de amor" na edição de 1986.


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários