Itália: Diretor da RAI1 descreve Roma como "cidade perfeita" para organizar o Festival Eurovisão 2022

 Stefano Coletta, diretor da RAI1, afirmou que "Roma é a cidade perfeita" para receber o Festival Eurovisão 2022, mas destaca a "complexidade" que a organização do evento requer.


Com doze cidades a admitirem entrar na corrida para organizar o Festival Eurovisão 2022, apesar de algumas não apresentarem os requisitos minímos para a organização, e Turim e Milão no topo das preferências para a escolha, o diretor da RAI1, Stefano Coletta, revelou, em entrevista ao Corriere della Sera, que gostaria que o concurso fosse organizado em Roma.

"Sendo eu de Roma e os membros dos Maneskin também, sinto que Roma é a cidade perfeita para acolher o grande evento que será o Festival Eurovisão 2022. No entanto, teremos que estudar e escolher com rigor o local que poderá incorporar a complexidade de um certame como este" frisou Stefano, realçando que a RAI não tem "medo da organização" do certame internacional.

Questionado sobre as datas do evento, Stefano Coletta frisou que entre maio e junho a emissora dedicar-se-à ao lançamento do Festival di Sanremo 2022, com as principais decisões sobre o Festival Eurovisão 2022 a serem tomadas durante o mês de julho. 

Vencedores do Festival di Sanremo 2021, os Maneskin representaram Itália no Festival Eurovisão 2021 com "Zitti E Buoni", tendo alcançado o 1.º lugar na Grande Final com 524 pontos, fruto do primeiro lugar no televoto com 318 pontos e do quarto lugar no júri com 206 pontos.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionSpain/ Imagem: RAI/ Vídeo: Eurovision

3 comentários:

  1. Eu também estou de acordo com o título da notícia

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:14

    Roma ja e uma cidade internacionalmente conhecida e admirada por turistas, porque nao dar a oportunidade a outras cidades menos conhecidas mas com grande potencial? seria uma otima forma de promover a economia de outras regioes e coloca-las no mapa, particularmente prefiro Turim

    ResponderEliminar
  3. Em Milão é que devia de ser. Ou então cidades que precisem de infraestruturas para finalmente serem visitadas e amadas.

    ResponderEliminar