ESC2021: Ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia acusa a EBU/UER de "pura censura"

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, criticou a decisão da União Europeia de Radiodifusão em desclassificar a Bielorrússia do Festival Eurovisão 2021.


Depois de Valentina Matviyenko, presidente do Conselho da Federação Russa, ter criticado a escolha da Rússia para o Festival Eurovisão 2021, tal como pode recordar AQUI, o concurso internacional deste ano voltou a estar em destaque no sector político do país. Desta vez foi Sergei Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, que teceu duras críticas à União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) devido à decisão de desclassificar a Bielorrússia do concurso deste ano.

Em declarações à emissora russa, Sergei Lavrov descreveu a decisão da EBU/UER como "nojenta" e "censura pura" para com a Bielorrússia, manifestando várias dúvidas sobre os argumentos utilizados para a desclassificação do país. 

De realçar que "Ya nauchu tebya (I'll Teach You)", dos Galasy ZMesta, foi desclassificada pela EBU/UER por alegadas conotações políticas, com a BTRC a ter a oportunidade de submeter uma nova canção. Contudo, dias depois, a EBU/UER anunciou a desclassificação do país depois de ter sido submetida um novo tema... igualmente com conotações políticas.

Estreante em 2004, a Bielorrússia contabiliza 16 participações no certame europeu, tendo apenas seis participações na grande final do concurso. O melhor resultado remonta a 2007 quando Dmitry Koldun e o tema Work Your Magic alcançaram o 6.º posto em Helsínquia. Em Telavive, Zena representou o país com "Like It", terminando em 24.º lugar na Grande Final com 31 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal. Vencedores do Eurofest 2020, os VAL representariam a Bielorrússia no Festival Eurovisão 2020 com "Da Vidna", canção interpretada na íntegra em bielorrusso.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: AP / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário:

  1. Anónimo16:54

    Se a Rússia quiser sair do concurso a porta é serventia da casa

    ResponderEliminar