Suécia: SVT poderá usar gravações dos ensaios no 'Melodifestivalen 2021'

 A emissora sueca SVT revelou que tem vários planos de contigência para o Melodifestivalen 2021 devido à pandemia de Covid-19. Caso um artista adoeça depois dos ensaios, a gravação será transmitida no lugar da atuação ao vivo.


A poucas semanas do início do Melodifestivalen 2021, evento que terá lugar no The Annexet, em Estocolmo, a produtora do certame, Karin Gunnarsson, revelou que a emissora sueca SVT tem três planos para a realização do concurso durante a pandemia de Covid-19. 

Além da decisão de abolir a tradicional tournée e de realizar o evento sem público num estúdio em Estocolmo, a emissora sueca criou várias bolhas de trabalho para as várias candidaturas, isolando os intervenientes "o máximo possível para evitar novas infeções". Karin Gunnarsson frisou ainda que, se um artista ficar doente durante a semana dos ensaios, a gravação do ensaio será usada durante a transmissão televisiva, deixando por explicar o que acontecerá caso um artista seja colocado em isolamento antes da ronda de ensaios.

Aceda, de seguida, aos participantes no certame:

Semifinal 1 - 6 de fevereiro
1. Kadiatou Holm Keita - "One touch"
2. Lillasyster - "Pretender"
3. Jessica Andersson - "Horizon"
4. Paul Rey – "The Missing Piece"
5. Arvingarna - "Tänker inte alls gå hem"
6. Nathalie Brydolf - "Fingerprints"
7. Danny Saucedo - "Dandi Dansa"

Semifinal 2 - 13 de fevereiro
1. Anton Ewald - "New Religion"
2. Julia Alfrida - "Rich"
3. WAHL feat. SAMI - "90-talet"
4. Frida Green - "The silence"
5. Eva Rydberg & Ewa Roos - "Rena rama ding dong"
6. Patrik Jean - "Tears Run Dry"
7. Dotter - "Little Tot"

Semifinal 3 - 20 de fevereiro
1. Charlotte Perrelli - "Still Young"
2. Emil Assergård – "Om allting skiter sig"
3.  Klara Hammarström - "Beat Of Broken Hearts"
4. Mustasch - "Contagious"
5. Elisa Lindstöm - "Den du är"
6. Alvaro Estrella - "Baila Baila"
7. Tusse - "Voices"

Semifinal 4 - 27 de fevereiro
1. Tess Merkel – "Good Life"
2. Lovad - "Allting är precis likadant"
3. Efraim Leo - "Best Of Me"
4. The Mamas - "In The Middle"
5. Sannex - "All Inclusive"
6. Clara Klingenström - "Behöver inte dig idag"
7. Eric Saade - "Every Minute"

Estreante em 1958, a Suécia conta com 59 participações no Festival Eurovisão, sendo um dos países com melhores resultados da história com 6 vitórias no curriculum. Em Telavive, John Lundvik representou o país com "Too Late For Love", terminando em 5.º lugar com 334 pontos, tendo recebido 2 pontos do júri português. Em 2020, The Mamas representariam a Suécia em Roterdão com "Move".



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: SVT/ Imagem: SVT / Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários