FC2021: Pedro Gonçalves reage às acusações de plágio


 

Pedro Gonçalves, participante no Festival da Canção 2021, reagiu às acusações de plágio em 'Não Vou Ficar': "Do meu lado, estou completamente tranquilo. Tanto do meu valor, como do meu trabalho, não irei ceder a ódio gratuito".


Depois de divulgada a lista de canções a concurso no Festival da Canção 2021, certame que seleciona os representantes de Portugal no Festival Eurovisão 2021, alguns utilizadores alegaram semelhanças entre "Não Vou Ficar", tema interpretado e composto por Pedro Gonçalves, e "Guily Conscience", tema de 070 Shake.

O cantor, que esteve também a concurso no certame de 2017, reagiu, em declarações à BLITZ, às acusações, negando plágio apesar de reconhecer semelhanças: "Provavelmente existem mais 10 músicas no mundo com melodias e estruturas semelhantes. Acusar a “Não Vou Ficar” de plágio é algo exagerado. Não estamos a falar de uma cópia, estamos a falar de semelhanças que foram encontradas, como aconteceu já com várias músicas, tanto nacional como internacionalmente. É um caso que acontece recorrentemente na música".

Pedro Gonçalves admite também ter ficado surpreendido quando "[dei] conta de alguns dos comentários ao tema na Internet", explicando que "Não Vou Ficar" "era uma demo que estava na gaveta já há uns anos e era até a música que estava apontada para ser o primeiro single do meu álbum". Por fim, o artista conclui que "não irei ceder a ódio gratuito (...) comparando todas estas músicas, chega a ser até engraçado como, sem pensar, podemos chegar a ideias semelhantes".

Aceda AQUI às declarações na íntegra


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Blitz/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

15 comentários:

  1. Anónimo17:09

    Não sei se é plagio mas pelo visto não foi problema para Heroes e Toy—que ainda teve que dar dinheiro ao Jack White e dar-lhe credito depois de ganhar como uma canção “original”

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:22

      Ó anónimo, explica lá: que músicas do Toy foram acusadas de plágio? Não sabia! Agora estou em pulgas para saber!

      Eliminar
    2. Anónimo19:55

      @anónimo 19:22 O anónimo das 17:09, comentou que as músicas Heroes e Toy (as músicas) foram apontadas pelo público como sendo plágios de outras,sendo que, no caso de Toy, houve uma ameaça de levar os compositores a tribunal, o que levou a que houvesse um acordo extrajudicial que acrescentou o nome de Jack White aos créditos como compositor e uma parte dos direitos comerciais da música em Fevereiro de 2019.
      Mas já agora e continuando a graça, veja se consegue descobrir que música vencedora da Eurovisão a Romana "plagiou" em 2019

      Eliminar
    3. Anónimo19:59

      Correção: Foi em 2012 e não 2019 que a Romana lançou a música em questão

      Eliminar
    4. Anónimo22:44

      Ah obrigado, Anónimo das 19:55

      "Mas já agora e continuando a graça, veja se consegue descobrir que música vencedora da Eurovisão a Romana "plagiou" em 2019"

      hum... deixa pensar... "Ein bißchen Frieden" na versão portuguesa, "Um bicho na ferida"? não sei!

      Eliminar
    5. Anónimo02:48

      O ano em que a Romana lançou a música é uma pista, basta pensar um pouco que encontra uma música com muita alegria .
      Em todo o caso, a versão da Romana não me deixa dormir.
      Não a quero acusar realmente de plágio, porque o mais provável é ela ter adquirido os direitos do instrumental e ter feito uma cover em português, não seria a primeira vez que isso acontece, houve pelo menos uma artista italiana que lançou comercialmente uma versão de "Amar pelos Dois".

      Eliminar
  2. Será que o anónimo se está a referir à canção chocada num galinheiro? Eu creio que já li qualquer coisa sobre essa música também ter sido plagiada.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo19:51

    Nao comecem. Porque que sempre que ha canções de jeito no FdC tem que acusar de plágio? Se não fosse isso o Diogo Piçarra tinha ido ao ESC e tinha tido uma boa classificação para o país e secalhara te mais artistas famosos e com boas músicas apareciam mais no FC...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo08:47

    Infelizmente no caso do Diogo Piçarra a melodia era quase copy/ paste do original. Acontece.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo09:56

    Infelizmente os portugueses são muito dramáticos. Depois da caça às bruxas feita ao Piçarra ainda se admiram de não haver mais famosos a participar...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo13:05

    Isto é tão ridiculo...para mim é a melhor canção deste ano, junto com a fadista e os Karetus. Temos uma em França que é acusada de plagio..Keiino igual...haja pachorra, pelo menos ele não se deixa abater

    ResponderEliminar
  7. Anónimo13:19

    infelizmente estamos em ultimo nas apostas é uma tristeza mas culpo a rtp

    ResponderEliminar
  8. Anónimo18:34

    Se estamos em ultimo, a RTP tem obrigação de fazer bom staging e senários com a canções especialemente sem ter audiencia no estudio

    ResponderEliminar
  9. Se as apostas contam para alguma coisa nem é preciso fazer o festival apresenta-se já o vencedor. Ainda bem que agora se fazem apostas para tudo. Novas máfias era só o que estava a faltar depois da crise toda que está a assombrar o globo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:40

      Se já em apostas, sem canção escolhida, estamos em ultimo...acho que merece uma reflexão e autocritica, não? Andar em negação durante anos à espera de sorte não nos vai levar a lado nenhum.

      Eliminar