Itália: Morgan critica escolha de Bugo para o 'Festival di Sanremo 2021'


Morgan foi afastado do júri do AmaSanremo depois de ter protestado, nas redes sociais, contra a sua exclusão do Festival di Sanremo 2021: "O Bugo é novamente honrado e eu sou excluído e nunca mais pude mostrar o meu trabalho".


A atuação de Bugo e Morgan na quarta gala do Festival di Sanremo 2020 tornou-se num dos episódios mais polémicos e icónicos da história do concurso: depois de uma discussão nos bastidores, Morgan alterou parte da letra da canção "Sincero", com várias referências a Bugo que... abandonou o palco. A dupla recusou-se a regressar a palco e acabou desclassificada da competição. Vários meses depois, a polémica entre os dois cantores continua...

Morgan integrava o painel de jurados do AmaSanremo, que escolheu os participantes da categoria Giovani do concurso italiano, tendo recorrido, às redes sociais, para lamentar a sua exclusão do Festival di Sanremo 2021, horas antes do anúncio da RAI1, tecendo duras críticas a Amadeus. "Se Amadeus anunciasse que me excluiu da competição e leva Bugo, será a coisa mais desonrosa e incorreta que já sofri na minha vida" escreveu Morgan no Instagram. As declarações do artista levaram à sua exclusão do júri da competição: "Na sequência do comportamento inaceitável de Morgan, com declarações ofensivas públicas e privadas, ao diretor Amadeus e à organização do Festival levaram à exclusão do artista do júri televisivo" anunciou Amadeus na transmissão televisiva.

No entanto, a polémica reacendeu... depois de Bugo, cantor com quem Morgan subiu ao palco do Festival di Sanremo 2020, ser anunciado como um dos concorrentes da edição do próximo ano. "Eles impediram-me de limpar a minha imagem (...) Estou a ser caçado como um criminoso e a ser maltratado e intimidado, com acusações à minha pessoa e à qualidade de músico." denunciou o artista nas redes sociais, "O Amadeus desprezou a minha música e resolveu dar espaço e visibilidade a quem se beneficiou de mim. O Bugo é novamente honrado e eu sou excluído e nunca mais pude mostrar o meu trabalho".

Morgan continuou com declarações dirigidas a Amadeus, frisando que a polémica do ano passado deu visibilidade ao concurso, "Que erro não terem reconhecido que, no ano passado, devido à minha atuação imprevista o Festival, a RAI e o Bugo ganharam fama, dinheiro e trabalho enquanto eu, o autor, não recebi nada. Fui criticado, sofri julgamentos sem direito a defesa na televisão... Nunca mais fui convidado e fui acusado de ser impulsivo e incontrolável.".


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo:RAI

Sem comentários