Albânia: RTSH confirma saída de Manjola Nallbani do 'Festivali i Këngës 59'

 Depois de vários rumores e especulações,  a RSTH confirmou que Manjola Nallbani não estará a concurso no Festivali I Këngës 59 depois de ter testado positivo à Covid-19.


A cantora Manjola Nallbani, uma das participantes no Festivali I Këngës 59, anunciou, há vários dias, que testara positivo à Covid-19, situação que a colocaria de fora dos ensaios do certame que, posteriormente, foram adiados devido a problemas com a montagem do palco. 

Contudo, a retirada da canção do canal oficial do certame no Youtube fez aumentar, nos últimos dias, os rumores sobre uma possível saída da cantora do concurso, algo que foi confirmado, esta manhã, pela RTSH. Apesar da confirmação da saída de Manjola Nallbani, a emissora albanesa não revelou mais nenhum detalhe, frisando apenas que 25 candidatos disputariam, entre 21 e 23 de dezembro, o Festivali i Këngës 59.


Estreante em 2004, a Albânia participou por dezasseis ocasiões no Festival Eurovisão, tendo disputado a grande final em nove edições. O melhor resultado remonta a 2012 quando o país foi representado por Rona Nishliu e o tema Suus, terminando na 5.ª posição da final. Em Telavive, Jonida Maliqi e "Ktheju tokës" representaram a Albânia, alcançando o 17.º lugar na Grande Final com 90 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal. Em 2020, Arilena Ara representaria o país com "Fall From The Sky".
 


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:ESCBubble/ Imagem: Google /Vídeo: Eurovisiontv

Sem comentários