JESC2020: 13 países a concurso no Festival Eurovisão Júnior 2020


A EBU/UER anunciou, esta manhã, a lista de países participantes do Festival Eurovisão Júnior 2020. Depois de três participações consecutivas, Portugal não estará a concurso.

A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) anunciou, esta manhã, a lista de países participantes do Festival Eurovisão Júnior 2020, evento que terá lugar a 29 de novembro em Varsóvia. Alemanha, Arménia, Bielorrússia, Cazaquistão, Espanha, França, Geórgia, Malta, Países Baixos, Polónia, Rússia, Sérvia e Ucrânia são os 13 países participantes numa edição com contornos bastante diferentes das anteriores.

Devido à pandemia de Covid-19, todas as atuações decorrerão nos países de origem em estúdios das emissoras participantes, sendo que o estúdio em Varsóvia apenas contará com a presença dos apresentadores e das atuações do interval act.
Por sua vez, além das ausências confirmadas da Austrália, País de Gales, Macedónia do Norte e Irlanda, o concurso infanto-juvenil deste ano não contará também com as participações da Albânia, Itália e Portugal. Relativamente a Portugal, a RTP havia confirmado, ao ESCPORTUGAL, a participação no concurso "se o mesmo decorresse": contudo, o evoluir da pandemia e as mudanças no formato poderão ter estado na génese da retirada.

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: JESC/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

6 comentários:

  1. Anónimo12:28

    E quase aposto que não vai haver jesc este ano...
    Penso que Portugal tomou a decisão mais correta

    ResponderEliminar
  2. Para mim faz todo o sentido Portugal não participar.A incerteza e insegurança relativamente aos próximos tempos ainda pairam no ar.Nem a EBU está segura no que os próximos tempos nos reservam a todos.Sinceramente, e caso fosse o responsável pela participação da RTP na Eurovisão, organizaria somente o FC 2020 mas adiaria a participação na Eurovisão para 2022.Só por uma questão de segurança.Opinião pessoal.Somente isso.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:45

    De acordo com o vídeo publicado no canal oficial, a transmissão das músicas participantes vai decorrer em estúdios em cada país. Portanto, nem sequer vai haver um programa como estamos habituados.

    ResponderEliminar
  4. Ainda por cima, o número do azar. Cheira-me que nesta edição, nem tudo vá correr ás mil maravilhas

    ResponderEliminar
  5. Anónimo16:42

    Eu sei que o jesc já teve este número de participantes muito baixo anteriormente MAS se cancelaram a Eurovisão não estou a entender porque insistem em realizar o JESC ainda pra mais nestes moldes...embora eu tenha muitas dúvidas se o ESC2021 também não terá de ser assim :(

    ResponderEliminar
  6. Já esperava este desfecho. Uma medida inteligente da RTP. Não consigo compreender a insistência de outros países num festival com pouco interesse e em condições adversas.

    ResponderEliminar