ESC2021: Mónaco continua fora do Festival Eurovisão em 2021


A emissora estatal do Mónaco confirmou, esta manhã, que não estará representada no Festival Eurovisão 2021. A última participação do país aconteceu em 2006.


A emissora estatal do principado do Mónaco anunciou, esta manhã, que não fará parte da lista de participantes da próxima edição do Festival Eurovisão da Canção, que acontecerá em Roterdão. A Telé Monte Carlo esteve fora da competição durante 24 anos, entre 1980 e 2004, quando decidiu regressar ao certame por três edições. Nessa altura, a emissora justificou a retirada por não concordar com o sistema de votação, tendo referido que "o voto político faz com que o Mónaco não tenha qualquer hipótese de apuramento". Nos últimos anos a ausência tem sido justificada devido à falta de apoios financeiros.

Até ao momento, 31 países confirmaram provisoriamente a participação no Festival Eurovisão 2021: Alemanha, Arménia Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Israel, Letónia, Lituânia, Malta, Moldávia, Noruega, Países Baixos, República Checa, Roménia, São Marino, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia. Por outro lado, Andorra, Eslováquia, Luxemburgo e Mónaco estão oficialmente de fora do evento.

O Mónaco estreou-se na Eurovisão em 1959, tendo participado por 24 ocasiões entre 1959-1979 e 2004-2006. No entanto, o pequeno principado ficou por dezasseis ocasiões no top 10 da competição, tendo vencido em 1971 com a cantora Séverine e o tema Un banc, un arbre, une rue. A última participação do Mónaco esteve a cargo de Séverine Ferrer e o tema La Coco-Dance, que no palco de Atenas não foi além do 21.º lugar com 14 pontos na semifinal.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCToday / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

Sem comentários