Eslovénia: EBU/UER preocupada com os cortes orçamentais da RTVSLO


A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) lançou um comunicado para apelar à extensão da discussão de um processo de lei que provocará cortes orçamentais na RTVSLO.

A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER), em conjunto com a Federação Europeia de Jornalistas (EFJ) e a Organização de Media do Sudeste da Europa (SEEMO), lançou um comunicado, onde manifestou a sua preocupação com as alterações propostas ao financiamento estatal do serviço público de televisão da Eslovénia, bem como o período de cinco dias de discussão.
 
Segundo o comunicado, o projeto de lei sobre emendas à Lei da Rádio e Televisão da Eslovénia levará a uma redução do orçamento estatal, que não é alterado desde 2012, em cerca de 13 milhões de euros, valor que, segundo a EBU/UER, colocará em perigo o cumprimento das exigências da emissora estatal enquanto serviço público de radiodifusão.

Noel Curran, diretor-geral da EBU/UER, defendeu estar "profundamente preocupado com o futuro do serviço público de radiodifusão na Eslovénia", frisando que solicitou "mais tempo para uma discussão pública adequada" em vez dos cinco dias apontados pelo Governo.

[AT] A imprensa eslovena avançou, após o comunicado da EBU/UER, que o projeto de lei será votado no final de agosto, aumentando assim o período de discussão das emendas à Lei da Rádio e Televisão da Eslovénia.

De realçar que, apesar de já ter confirmado a participação no Festival Eurovisão de 2021, a emissora estatal da Eslovénia usou várias vezes de um período especial cedido pela EBU/UER para confirmar a participação eurovisiva, devido a dificuldades económicas, que poderão ser agravadas com este corte orçamental.
 
Participante desde 1993, a Eslovénia entrou em 25 edições do Festival da Eurovisão, tendo por 14 ocasiões disputado a Grande Final onde o melhor resultado foi o 7.º lugar alcançado em 1995 e 2001. Em Telavive, Zala Kralj & Gašper Šantl e "Sebi" foram os representantes da Eslovénia, terminando em 15.º lugar com 105 pontos, 3 deles oriundos do júri português. Em 2020, o país seria representado por Ana Soklic e "Voda", com a artista a estar confirmada em 2021.



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EBU/UER/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube

Sem comentários