Ucrânia: EBU/UER lança comunicado a apelar ao descongelamento das contas da UA:PBC


A União Europeia de Radiodifusão apelou ao Governo da Ucrânia para descongelar as contas bancárias da emissora estatal UA:PBC.

Depois de ter sido revelado que as contas da UA:PBC foram congeladas pelo governo ucraniano devido a uma dívida de 10 milhões de euros à Euronews, situação que pode recordar AQUI, a União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) emitiu um comunicado a apelar à resolução da situação.
  
"O congelamento das contas, leva ao não pagamento de salários e de outras obrigações financeiras. Além disso, a UA:PBC não poderá preparar-se para grandes eventos desportivos e culturais, como os Jogos Olímipicos e o Festival Eurovisão" pode ler-se no comunicado, com a EBU/UER a apelar que o governo liquide a dívida da UA:PBC, visto ser o orgão fundador da atual emissora estatal. Por sua vez, Noel Curran, diretor geral da EBU/UER, frisou que "bloquear o trabalho da emissora restringe a contribuição crítica que a UA:PBC dá à sociedade e à democracia. A emissora é a mais jovem da Europa e precisa ser valorizada e apoiada pelo Estado".
  

   
A Ucrânia é um dos países mais bem sucedidos no Festival da Eurovisão. Em 15 participações no concurso, conta com duas vitórias e nove colocações no top10 da Grande Final, sendo, juntamente com a Austrália, o único país que nunca falhou o apuramento. Em Lisboa, MELOVIN representou o país com "Under The Ladder", tendo terminado em 17.º lugar com 130 pontos, 4 deles oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:Escxtra/ Imagem: Google /Vídeo: Youtube

Sem comentários