ESC2020: Participação da Ucrânia em Roterdão em risco devido a bloqueio económico



A participação da Ucrânia no Festival Eurovisão 2020 poderá estar em risco devido ao congelamento das contas da UA:PBC devido a dívidas acumuladas.

A imprensa ucraniana avançou, esta tarde, que o Ministério da Justiça tomou a decisão de congelar todas as contas e financiamentos da UA:PBC, emissora da Ucrânia, devido a uma dívida de 10,5 milhões de euros para com a Euronews. A dívida remonta a 2010 e vem da extinta NTU que assinou um contrato para a criação de uma versão ucraniana da Euronews, mas que não cumpriu os pagamentos acordados.

A decisão de congelamento das contas não foi anunciada antecipadamente, o que levou a UA:PBC a anunciar a paragem imediata da preparação para os Jogos Olímpicos e para o Festival Eurovisão 2020, bem como o lançamento de novos projetos. A transferência dos valores em dívida deixará a UA:PBC com um défice orçamental de 12 milhões de euros, o que poderá levar à dissolução da cadeia televisiva.

Apesar da UA:PBC ainda não ter reagido à questão da participação em Roterdão, a OGAE Ucrânia garantiu que o Ministro da Cultura, Volodymyr Borodansky, fez uma transferência com os valores necessários para a participação a partir do orçamento social sendo que, posteriormente, a UA:PBC terá de devolver o mesmo valor.
  

   
A Ucrânia é um dos países mais bem sucedidos no Festival da Eurovisão. Em 15 participações no concurso, conta com duas vitórias e nove colocações no top10 da Grande Final, sendo, juntamente com a Austrália, o único país que nunca falhou o apuramento. Em Lisboa, MELOVIN representou o país com "Under The Ladder", tendo terminado em 17.º lugar com 130 pontos, 4 deles oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:EurovisionSpain/ Imagem: Google /Vídeo: Youtube

5 comentários:

  1. Anónimo18:24

    Já começamos... Esta Ucrânia é como uma criança numa birra com amigos. Agora vou, agora não vou 🤦‍♂️

    ResponderEliminar
  2. Anónimo18:40

    Outra vez? Ainda por cima estão na 1ª semifinal, que já tem menos um país. Se se confirmar, a 1ª semifinal fica com 16 países e a 2ª semifinal com 18. Ainda vão tirar um país da 2ª semifinal e colocá-lo na 1ª. Espero que não seja Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:24

      Calma...xd
      Não seria justo para ninguém...

      Eliminar
  3. Anónimo19:18

    E já começam os dramas da Ucrânia. Até estava admirado como ainda não tinha acontecido nada este ano.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo22:25

    Departamento de marketing...

    ResponderEliminar