Moldávia: Pasha Parfeny questiona a transparência do 'O Melodie Pentru Europa'


Segundo classificado no O Melodie Pentru Europa 2020, Pasha Parfeny garante que "há muito trabalho a fazer para tornar a Moldávia num país de mérito e justiça".


Dias depois do O Melodie Pentru Europa 2020, onde alcançou o segundo lugar, o cantor e compositor Pasha Parfeny, representante da Moldávia no Festival Eurovisão 2012 e 2013, revelou, nas redes sociais, que ponderou boicotar a competição pela falta de transparência do processo: "Antes do concurso, havia a opinião de que seria melhor sair e boicotar o concurso (...) Mas, para mim, o resultado da minha participação é a confirmação de que há muito trabalho a fazer para tornar a Moldávia num país de mérito e justiça".

O cantor lamentou que "os fãs europeus dizem que somos um país corrupto onde o dinheiro decide tudo", frisando que "há muito a trabalhar e temos que lutar juntos para mudar". De realçar que, em 2015, teceu duras críticas contra a TRM, depois de Eduard Romanyuta ter ganho a competição com mais de 13 mil votos, acusando o artista de irregularidades e compra de votos, algo que nunca foi comprovado.




Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: PashaParfeni / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários