ESC2020: Jon Ola Sand falha encontro dos chefes de delegação devido ao coronavírus


Um caso de infecção de coronavírus por um funcionário da EBU/UER levou ao cancelamento da viagem de Jon Ola Sand para o encontro de chefes de delegação de 9 de março. As delegações da Suécia e Israel também não marcarão presença.


A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) anunciou, esta tarde, uma série de restrições aos seus funcionários, depois de ter sido confirmado um caso de coronavírus num funcionário da organização em Genebra. Deste modo, para prevenir a disseminação do vírus, a EBU/UER proibiu as viagens de todos os funcionários até 13 de março.
  
Deste modo, Jon Ola Sand, supervisor executivo do Festival Eurovisão, não marcará presença na reunião de chefes de delegação que terá lugar a 9 de março, em Roterdão. Contudo, em comunicado, a EBU/UER confirmou que Jon Ola Sand estará remotamente no encontro.

Também a emissora sueca SVT e a emissora israelita KAN decidiram não participar na reunião da próxima segunda-feira depois de aconselhados em evitar viagens desnecessárias para o estrangeiro. Annete Helenius, uma das responsáveis pelo Melodifestivalen 2020, revelou que a SVT não marcará presença, mas que tal não terá nenhum impacto na participação em maio, frisando que a reunião exige apenas uma apresentação da candidatura, algo que pode ser feito remotamente. Por sua vez, a emissora israelita cancelou a presença depois dos conselhos do Ministério da Saúde, que apelou ao cancelamento de todas as viagens "não urgentes".

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: wiwibloggs / Imagem: ESCPortugal

1 comentário:

  1. Anónimo00:07

    Será que teremos países a desistir por causa do corona virus?

    ResponderEliminar