Suécia: Mais artistas confirmados no 'Hall of Fame' do Melodifestivalen


A SVT revelou, recentemente, mais alguns dos participantes que serão homenageados no Hall Of Fame do Melodifestivalen.


Com o intuito de assinalar o 60.º aniversário do Melodifestivalen, a emissora sueca SVT criará um Hall of Fame do concurso com 48 personalidades marcantes do histórico certame sueco, com o comité de seleção a ser constituído por Christer Björkman, Anette Helenius, Christel Tholse Willers e Karin Gunnarsson, sendo que as participações nos últimos dez anos não serão contempladas.

Todos os candidatos nomeados serão convidados e homenageados no Andran Chansen do Melodifestivalen 2020, sendo que a lista será aumentada todos os anos: em 2021, a SVT criará um comité de seleção que escolherá 18 candidatos que serão colocados à votação do público, com os 6 mais votados a entrar no Hall of Fame.

Conheça, de seguida, os mais recentes confirmados:

Como dez (!!) participações no Melodifestivalen, Kikki Danielsson conta com duas vitórias no concurso sueco: em 1982, enquanto membro do grupo Chips, ficou em 8.º lugar na Eurovisão, enquanto, em 1985, a solo, Kikka Danielson conquistou o 3.º lugar no certame internacional. Atualmente, Kikki Danielsson é a segunda cantora com mais participações no concurso, sendo apenas superada por Ann-Louise Hanson com 12 participações.


A banda The Ark, vencedora da competição em 2007 com "The Worrying King", foi também congratulada pela SVT com um lugar no Hall of Fame do concurso, pela irreverência da sua atuação e como prova da heterogeneidade dos estilos musicais do evento.


Lars Berghagen também entra no Hall of Fame do Melodifestivalen, com a SVT a destacar o sucesso de três temas que entraram para a história do concurso: "Min kärlekssång till di"’ (1974), "Ding dong" (1973) e "Jennie Jennie" (1975). Com a última canção, o cantor representou a Suécia na Eurovisão alcançando o 8.º lugar com 72 pontos, 6 de Portugal.



A "primeira vitória de uma canção pop" no Melodifestivalen foi a justificação da SVT para a entrada de Claes-Göran Hederström no Hall Of Fame. O cantor venceu o concurso com "Det börjar verka kärlek, banne mej", ficando em 5.º lugar na Eurovisão.



O maestro Lars Samuelson, responsável pela condução da orquestra em inúmeras edições do concurso sueco e das participações da Suécia na Eurovisão de 1969, 1975 e 1979, também conquistou um lugar no Hall Of Fame do certame.


     
Recorde, de seguida, todos os nomeados do Hall of Fame:
  
12. Magnus Uggla
13. Kikki Danielsson
14. The Ark
15. Lars Berghagen
16. Claes-Göran Hederström
17. Lars Samuelson
   
Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: SVT / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários