Malta: Destiny Chukunyere recebida pelo primeiro-ministro do país


Depois da vitória no X Factor Malta, Destiny Chukunyere foi recebida pelo primeiro-ministro do país, Robert Abela.

Com dezasseis anos de idade, Destiny Chukunyere conquistou, no passado sábado, o passaporte para o Festival Eurovisão 2020 com a vitória no X Factor Malta, triunfo que juntou à vitória no Festival Eurovisão Júnior de 2015 e da presença nas semifinais do Got Talent UK. A jovem cantora, que ganhou também um contrato com a Sony Music de Itália, foi recebida, recentemente, pelo primeiro-ministro do país, Robert Abela.

"Quando estou envolvida em algo, estou envolvida para vencer. Obviamente que, por enquanto, não posso falar sobre o que acontecerá [em Roterdão], porque ainda estamos a iniciar os trabalhos. Mas posso prometer que vou trabalhar duro e dar tudo de mim para deixar todos os malteses orgulhosos" referiu a cantora no encontro com o primeiro-ministro, onde marcou também presença Carmelo Abelo, ministro do gabinete do primeiro-ministro, e a família da cantora.



Estreante em 1971, Malta conta com 31 participações no Festival Eurovisão, sendo atualmente o país mais antigo a concurso sem qualquer vitória. Segundo classificado em 2002 e 2005, o país regressou à Grande Final em 2019 com Michela e "Chameleon", tendo a candidatura terminado em 14.º lugar com 107 pontos, nenhum deles oriundos de Portugal.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: PBS/MaltaToday/ Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários