ESC2020: EBU/UER "sem planos" de convidar o Cazaquistão para o Festival Eurovisão 2020


A União Europeia de Radiodifusão revelou que "não tem planos" de convidar o Cazaquistão para participar no Festival Eurovisão 2020.


Depois de Jon Ola Sand frisar, em conferência de imprensa em Minsk, que uma potencial participação do Cazaquistão no Festival Eurovisão era "algo a ser discutido", a EBU/UER revelou, em comunicado, que "não tem planos" de convidar a Khabar Agency para o Festival Eurovisão 2020. "Podemos confirmar que não temos planos de convidar o Cazaquistão para participar na competição do próximo ano" pode ler-se no comunicado.

De realçar que, desde a mais recente mudança nos estatutos da competição, os membros associados da EBU/UER estão aptos para participar no Festival Eurovisão, caso sejam convidados pelo Grupo de Referência do evento. No entanto, até ao momento, os convites para o Festival Eurovisão limitaram-se à SBS, emissora australiana, estando o Cazaquistão a concurso no Festival Eurovisão Júnior desde 2018.

Representado por Daneliya Tulehsova e "Ozine Sen", o Cazaquistão ficou em sexto lugar no Festival Eurovisão Júnior 2018 com 171 pontos, fruto do oitavo lugar no júri (68) e do terceiro da votação online (103), tendo ficado de fora das preferências do júri português. Este ano, o país será representado por Yerzhan Maxim.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Escxtra/Imagem/Vídeo: JESC

2 comentários:

  1. Anónimo17:23

    Que não se lembrem de convidar os Estados Unidos da América do Norte

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:00

    A EBU e mesmmo interesseira... Para um concurso que eesttava na misseria ee precisava de participantes aceitaram, para o ESC ja nao deixam... E porque a Australia que nem e da Europa pode participar e Israel que tem uma emiassora privada e Cazaquistao naao?

    ResponderEliminar