[ESPECIAL] Que sucesso alcançaram os primeiros artistas a ser confirmados para o Festival Eurovisão?


A Arménia tornou-se, na passada sexta-feira, no primeiro país a revelar o nome do seu representante no Festival Eurovisão 2019. Será que ser o primeiro a revelar é sinónimo de sucesso? O ESCPORTUGAL mostra-lhe os primeiros representantes a serem revelados nas últimas edições do Festival Eurovisão.


Na passada sexta-feira, 30 de novembro, a Arménia tornou-se no primeiro país a revelar o nome do seu representante no Festival Eurovisão 2019, tendo a escolha interna recaído sobre a cantora Srbuhi Sargsyan, mais conhecida por Srbuk. Uma das justificações para a precoce seleção foi a "necessidade de tempo" para a preparação da participação: contudo, será que os primeiros a chegar tendem a obter sucesso no Festival Eurovisão?

O ESCPORTUGAL pôs mãos à obra e recorda-lhe os primeiros intérpretes a serem selecionados... desde 2009, bem como o sucesso (ou não) que obtiveram no Festival Eurovisão:

A cantora e compositora Laura Groeseneken, mais conhecida pelo nome artístico Seneek, foi a primeira intérprete confirmada no Festival Eurovisão 2018, tendo sido apresentada oficialmente pela VRT a 28 de setembro de 2017. Na apresentação, Senneek interpretou uma versão em inglês de "Amar Pelos Dois". Em Lisboa, a cantora deu voz a "A Matter of Time", tema que não foi além do 12.º lugar com 91 pontos na semifinal, tendo sido a 2.ª mais votada pelo júri português. A eliminação pôs fim a uma série de três apuramentos consecutivos do país.


2017: O'G3NE - Holanda - 29 de outubro de 2016
Depois de meses de especulação, a emissora holandesa AVROTROS revelou, a 29 de outubro de 2016, que o trio O'G3NE, representante do país no Festival Eurovisão Júnior 2007, seria o representante do país no Festival Eurovisão de 2017. Na capital ucraniana, as irmãs Lisa, Amy e Shelley Vol deram voz a "Lights and Shadows", tema composto pelo seu pai Rick Vol e Rory de Kievit, terminando em 11.º lugar com 150 pontos, tendo sido a quinta candidatura mais votada pelo júri. Portugal atribuiu-lhe 3 pontos na Grande Final na votação do júri.


2016: Douwe Bob - Holanda - 22 de setembro de 2015
Vencedor do De beste singer-songwriter van Nederland, Douwe Bob foi o escolhido da AVROTROS para representar a Holanda em Estocolmo, semanas depois de Pass It On, o seu segundo álbum de estúdio, ter chegado à liderança das vendas no país. Em defesa de "Slow Down", tema composto por si em conjunto com Jan Peter Hoekstra, Jeroen Overman e Matthijs van Duijvenbode, Douwe Bob chegou ao 11.º lugar na Grande Final do concurso com 153 pontos.


2015: Knez - Montenegro - 31 de outubro de 2014
Depois do inédito apuramento em 2014, a emissora montenegrina RTCG escolheu Knez para representar o país em Viena. O cantor, com 22 anos de carreira na altura, contava com oito álbuns de estúdio lançados, sendo um dos cantores mais conhecidos nos balcãs. "Adio", que contou com composição de Željko Joksimović, chegou ao 13.º lugar na Final com 44 pontos, sendo ainda o melhor resultado de Montenegro no Festival Eurovisão.


2014: Valentina Monetta - São Marino - 19 de junho de 2013
Detentora de diversos recordes do Festival Eurovisão, no que diz ao número de participações, Valentina Monetta foi também a primeira cantora confirmada para a edição de 2014, tendo sido anunciada... a 19 de junho de 2013, menos de um mês depois de ter sido eliminada na semifinal em Malmö. Contudo, em Copenhaga, a cantora logrou com o apuramento para a Grande Final, ocupando o último lugar de acesso com mais 1 ponto que Portugal, tendo levado "Maybe" ao 24.º lugar com 14 pontos, o melhor resultado de sempre do país.



2013: Anouk - Holanda - 17 de outubro de 2012
Após semanas de rumores, a cantora Anouk revelou, a 17 de outubro de 2012, nas redes sociais, que seria a representante da Holanda em Malmö, tendo a notícia sido confirmada pela extinta TROS. Com sete álbuns lançados e uma carreira internacional adormecida, a cantora levou "Birds" ao Festival Eurovisão, tema composto em conjunto com Tore Johansson e Martin Gjerstad. A candidatura chegou ao 9.º lugar com 114 pontos, sendo o primeiro apuramento holandês para a Grande Final desde 2004.



2012: Ivi Adamou - Chipre - 3 de agosto de 2011
Conhecida do público cipriota pela participação na versão grega do X Factor, a cantora Ivi Adamou foi revelada, a 3 de agosto de 2011, como a representante de Chipre no Festival Eurovisão 2012. "La La Love", a canção, composta por Alex Papaconstantinou, Björn Djupström, Alexandra Zakka, e Viktor Svensson, foi a escolhida para Baku através de uma final nacional, tendo alcançado o 16.º lugar com 65 pontos, o melhor resultado cipriota entre 2004 e 2018.



2011: Lena - Alemanha - 30 de junho de 2010
Apesar de Stefan Raab ter garantido que Lena Meyer-Landrut defenderia o troféu em 2011, durante a conferência de imprensa em Oslo, a emissora alemã ARD apenas confirmou a seleção interna da campeã em título do Festival Eurovisão a 30 de junho de 2010. A cantora deu voz a 12 canções numa final nacional composta por três galas, tendo "Taken by a Stranger" sido a escolhida para representar o país em Dusseldörf, onde Lena alcançou o 10.º lugar com 107 pontos.



2010: Miro - Bulgária - 18 de outubro de 2009
Depois de uma longa final nacional em 2009, que durou entre outubro de 2008 e fevereiro de 2009, a emissora estatal búlgara BNT selecionou o cantor Miroslav Kostadinov (Miro) para o Festival Eurovisão através de uma votação interna: um comité de 51 especialistas votou nos seus favoritos, com o cantor a receber 10 votos, superando Poli Genova (7), Nora Karaivanova (3) e outros artistas como Elitsa & Stoyan e Maria Ilieva. "Angel si ti" foi a canção escolhida através de uma final nacional para Oslo, tendo o cantor falhado o apuramento para a Final ao terminar em 15.º lugar na semifinal, com apenas 19 pontos.



2009: Sakis Rouvas - Grécia - 15 de julho de 2008
Depois do terceiro lugar em 2004 e de apresentar a edição de 2006, Sakis Rouvas manifestou o desejo de representar o país no Festival Eurovisão novamente, tendo sido convidado pela ERT para ser o representante grego em Moscovo. Apresentado a 15 de julho de 2008, o cantor defendeu, em fevereiro de 2009, três canções na final nacional, tendo "This Is Our Night" sido a escolhida com a esmagadora maioria de 81% dos votos. Na capital russa, Sakis Rouvas levou o país até ao 7.º lugar com 120 pontos, sendo a sexta de oito presenças consecutivas da Grécia no top10 do Festival Eurovisão.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPortugal /Imagem: ESCPortugal /Vídeo: Eurovision

Sem comentários