[ZONA DE DISCOS #61] Dami Im – "I hear a Song"

Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. Hoje, o destaque vai para o novo álbum de Dami Im, "I hear a song".
O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.

Lançamento: 23 de março de 2018
Nota: 8/10


Sucesso nem sempre é sinónimo de felicidade e o mais recente exemplo eurovisivo desta verdade empírica vem da cantora sul-coreana que representou a Austrália no maior concurso europeu de música, Dami Im. Pelo menos é isso que se pode depreender pelas suas palavras ao australiano “NT News”, no passado mês de abril.
“The turning point for me was Eurovision (…) It made me think that I really want to take my music outside Australia as well, but before I could do that, I needed to be true to myself and find my distinct sound. That is where I started exploring this new thing where I play piano and do the things I’ve loved doing my whole life.”

Assim, depois de ter brilhado em duas plataformas pop, vencendo o “X Factor” australiano e oferecido o melhor lugar eurovisivo ao novo membro da comunidade, Dami Im apresenta “I hear a song”, um disco que tem também o intuito de funcionar como plataforma, mas agora uma plataforma para a verdadeira Dami Im e não apenas como rampa descobrir uma excelente voz.

“I hear a song” não é propriamente um disco de jazz, mas tem a sua fragrância, recuperando temas imortais, como é o caso de canções popularizadas por Nina Simone – “Felling good”, #1 -; Dionne Warwick – “I say a little prayer”, #3; ou, Dusty Springfield - You Don't Have to Say You Love Me, #7, - intercaladas com produções mais contemporâneas, destacando-se “Love on Top”, de Beyoncé.

O novo álbum de Dami Im apresenta alguns dos temas que mais versões já conheceram ao longo da história da indústria discográfica, como “Round Midnight” (#13), alegadamente o tema de jazz por mais vezes gravado, e o belíssimo “Autumn Leaves” (#12).

“I hear a song” é altamente prazeroso ao ouvido. É um disco novo com sensação instantânea de clássico e está a ser um sucesso, quer em vendas (#3 no top australiano), quer ao vivo, através da digressão “I Hear a Song Tour”, que terá a segunda ronda em novembro do presente ano.

O novo disco de Dami Im reforça o desnecessário, a confirmação de que estamos perante uma das melhores vozes que passaram pela eurovisão no século XXI. Contudo, e apesar do sucesso, a discografia de Dami Im está a ser construída simplesmente através de álbuns de versões. Nos últimos cinco anos, lançou quatro álbuns e apenas um deles apresentou material original, “Heart Beats”, de 2014.

Contudo, e apesar de não estarmos perante um álbum sazonal, “I hear a song” é uma companhia musical perfeita para as tardes e noites de inverno, destacando-se a versão do já referido “Autumn Leaves” (#12).

Será “I hear a song” a rampa definitiva para a concretização profissional de Dami Im? Vamos esperar pelo novo disco e cá estaremos para ver o que acontece….. Uma ligeira indicação poderá ser dada pelos dois temas originais presentes no disco, “I hear a song” (#2) e “Like a cello” (#14).


Temas promocionais
Feeling Good

Autumn Leaves (Tema destacado por Carlos Carvalho)



Alinhamento
Feeling Good
I hear a songI say a little prayer… soul // gospel //  Dionne Warwick
Summertime
My funny Valentine
Love on Top
You Don't Have to Say You Love Me
Come away with me
Cry me a river
I can’t make you love me
God Bless the Child
Autumn Leaves
'Round Midnight
Like a cello


Pode ouvir o disco AQUI

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIÃO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários