Paulo de Carvalho e José Cid na tomada de posse do Presidente da República

A cerimónia de tomada de posse do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa está agendada para 9 de março e terá uma duração de 12 horas. Um dos eventos associados à cerimónia inclui um concerto com diversos nomes da música nacional e internacional.  


De acordo com a agenda provisória do dia de tomada de posse do novo Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, que foi conhecida hoje, serão seis os momentos previstos para o dia 9 de março. O dia começará pelas 9 horas, na Assembleia da República, e terminará à noite na Praça do Município. Em frente ao edifício da Câmara Municipal de Lisboa decorrerá o "Concerto da Juventude" com início pelas 20 horas, destacando-se a presença de Paulo de Carvalho, vencedor do Festival da Canção de 1974, e de José Cid, vencedor do Festival da Canção 1980 e 1998. Para além destes dois músicos,  estão previstas ainda as atuações de Anselmo Ralph, HMB, Pedro Abrunhosa e Diogo Piçarra. A fadista Mariza interpretará o Hino Nacional.

De manhã, o destaque para a cerimónia de juramento perante a Assembleia da República, seguida da sessão de cumprimentos. Do Palácio de São Bento, Marcelo Rebelo de Sousa seguirá então para o Mosteiro dos Jerónimos, onde fará a tradicional deposição de flores no túmulo de Luís de Camões e, como novidade, também no túmulo de Vasco da Gama. O novo Presidente da República entrará, de seguida, pela primeira vez nessa qualidade, no Palácio de Belém, onde haverá também um cerimonial de boas-vindas. Em Belém, Marcelo terá um almoço com um conjunto de individualidades. Seguir-se-á a celebração ecuménica na Mesquita de Lisboa, noticiada esta terça-feira pelo jornal "Público", e que contará com a participação de diversas confissões religiosas. 

Por volta das 18 horas realiza-se a também habitual cerimónia no Palácio da Ajuda, onde Marcelo irá condecorar o então Presidente cessante, Cavaco Silva, seguindo-se a sessão de cumprimentos. 


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: EXPRESSO, PÚBLICO / Imagem: GLOBO - GOOGLE

11 comentários:

  1. Acho divertido,mas de certo modo desapropriado.Muito circo.Mas nao estou surpreendido de todo,tratando-se da figura mediatica de que se trata.Era de esperar "espectaculo"...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16:33

    Vai haver algum especial do "Somos Portugal"?! Mais parece!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:57

      Lol

      Eliminar
    2. Rui Ramos18:28

      Mais uma vez, há quem use o anonimato para dizer besteira.
      Infelizmente, nenhum desses artistas e grupos tem voz nos programas de domingo à tarde. Infelizmente ou talvez não, porque o programa é adaptado a outro estilo musical.
      Por outro lado, se convidar um grupo de artistas que estão entre os melhores do país é Circo, eu considero um elogio porque gosto imenso de circo.

      Eliminar
  3. Anónimo17:58

    Muito bom 👏

    ResponderEliminar
  4. Anónimo19:32

    Começa bem

    ResponderEliminar
  5. Miguel Matias20:12

    O Presidente da República é do povo, portanto a festa ao povo.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:42

    Devia convidar a Conchita Wurst

    ResponderEliminar
  7. Anónimo09:09

    Nao me recordo como foram an anteriores tomadas de posse dos PR. Mas acho bem que nao sejam so os discursos na AR .

    ResponderEliminar
  8. Alem da diversao musical,nao ficaria nada mal comes e bebes + concurso de mergulhos no Tejo ,a exemplo do que o Presidente fez em 1989 aquando das autarquicas para Lisboa.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo17:53

    Viva a Monarquia ! Viva o Rei !

    ResponderEliminar