ESC2015: República Checa e Azerbaijão avançam pormenores da sua participação

A República Checa e o Azerbaijão avançaram, recentemente, com novos pormenores acerca da sua participação no Festival Eurovisão da Canção de 2015.


A República Checa está de volta à Eurovisão cinco anos depois da última participação. A CT, televisão pública do país, escolheu internamente os cantores Vaclav e Marta (como pode recordar AQUI) e anunciou agora a data de revelação do tema. O dueto checo será revelado oficialmente a 10 de março.

O Azerbaijão decidiu mudar de estratégia e optou por uma escolha interna. A Ictimai já abriu o período de submissão de temas e cantores. Inicialmente estava prevista a realização do Milli Seçim Turu 2015. O grande vencedor será anunciado a 15 de março.


Os últimos representantes checos, na Eurovisão, foram os Gipsy.cz. O tema Aven Romale não conseguiu nenhum ponto e ficou no último lugar da semifinal. O Azerbaijão, por seu lado, é presença assídua desde 2008. O país ficou, pela 1ª vez, fora do top10 no ESC2014 tendo conseguido apenas o 22º lugar da grande final com Start a Fire.



Esta e outras notícias também no nosso Facebook. Visite já!
Fonte: oikotimes; eurovoix / Imagem: ESCPortugal

27 comentários:

  1. Anónimo17:28

    A ultima participação da Republica checa com a musica "" Aven Romale" é simplesmente uma das piores musicas que já passaram pela Eurovisão!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:12

      concordo. nem sequer para se ouvir na casa de banho, quando se esta na sanita, serve.

      Eliminar
  2. Gosto sempre das canções do Azerbaijão.No ano passado, adorei a canção mas a sua atuação foi péssima. Quanto à Rep. Checa espero que levem algo de jeito. A sua ultima participação, na minha opinião, foi muito má.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo23:04

    Não sei como é que mais ou menos em 15 dias o Azerbaijão vai fazer uma série de castings(bom só se já está tudo feito e gravado...ou vai haver um programa todos os dias? :p ).
    Falam de Portugal mas estes sim deixaram mesmo tudo para o fim .

    ResponderEliminar
  4. Anonimo 23:04 - Basta o Azerbaijao telefonar para a fabrica sueca de cançoes para a Eurovisao e em 3 dias tem 20 cançoes disponiveis,depois escolher os artistas e facil: Os que forem da simpatia do regime serao os escolhidos,e para isso um dia e suficiente.Portanto uma semana chega e ainda sobra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anabela Banana00:12

      RG seu makako, sempre com pimenta na ponta da lingua lol Mas concordo.

      Eliminar
    2. Anónimo00:18

      Têm razão RG como é que me fui esquecer disso... :-)
      E se for necessário até há tempo para mudar de canção e tudo :)

      Eliminar
    3. Anabela, pimenta nao,tem de ser piripiri Lombok da Indonesia,daquele com que eles fazem o Sambal Oelek para temperar o Rijstafel,que queimou a boca de muito holandes na epoca colonial...Gosto sempre de comunicar contigo,mesmo quando discordas de mim.XXX

      Eliminar
    4. Anonimo 00:18 - Naquela area da "Europa",tudo e possivel. E depois ha a tal mui famosa mentalidade bizantina misturada com uma certa relatividade islamica e um passado recente na URSS. E melhor que uma bomba de napalm de 750 libras!!!

      Eliminar
    5. Anónimo05:12

      Acho que devias pôr mais pimenta e 2 malaguetas! Estás sempre a criticar os que atacam a RTP e ai tem razão para isso, mas tu também só tens um disco. Exista coerência...

      Eliminar
    6. Alijah Mohamalladal10:36

      É decadente e degradante, para já não dizer impertinente e pedante, criticar países democráticos como o Azerbeijão apenas com base na história recente e (julgo e acredito 100% de que) sem nunca ter ido lá fazer uma visita.

      Eliminar
    7. Quando a RTP procede como agora com a nao apresentaçao das cançoes e o processo de voto anunciado,nao tenho poupado critica afiada a RTP. Em relaçao ao Azerbaijao e Armenia ja la estive ha cerca de 5 anos atras.Democracia,talvez segundo outro conceito,nao o meu.

      Eliminar
    8. Um pouco dificil mudar o tal"disco",quando certos paises nao mudam de mentalidade,ou quando mudam,como por ex. a Turquia,e mais a andar para tras do que para a frente.E depois ha por parte de certas pessoas uma grande hipersensibilidade em relaçao ao Leste em geral.

      Eliminar
    9. 05:12 e 10:36 - Quando toca a democracia em geral,direitos humanos e de cidadania,nao mudo de disco nem me ponho a analisar diferenças culturais. Prisioneiro politico e estado-policia,DESRESPEITO PELOS DIREITOS HUMANOS sao o que sao,seja no Azerbaijao,Russia,USA ou Portugal.

      Eliminar
    10. Anónimo15:02

      E o que é que a mentalidade de um pais tem a ver com importar canções suecas, ou os planos para o Esc sequer?!! Misturam as coisas até à exaustão, pachorra

      Eliminar
    11. 15:02 - Pensar cansa e por vezes a pachorra nem sempre e a melhor conselheira. Musica nao e so notas a combinar mais ou menos mal,ou lletras sha-la-la-la-li. Na vida tudo esta interligado e as mentalidades fazem com que certos procedimentos se aceitem ou nao.Pachorra,LOL :-)

      Eliminar
    12. 15:02 - Ainda em relaçao a mentalidades e mudança das mesmas ,veja o que aconteceu com a Turquia e a sua relaçao com o ESC depois da ascensao do partido islamista no pais! A Turquia saiu do ESC e inventou a Turkvizion. Com muita pena minha,pois a Turquia e uma naçao de q gosto.

      Eliminar
    13. A Turquia faz falta no ESC, RG. Pelo menos eu sinto falta das canções turcas.

      Eliminar
    14. Diogo Martins,de todos os paises que agora tem estado a ficar de fora do ESC,a Turquia e aquele do qual mais sinto a falta e saudades tenho. A Turquia dava uma contribuiçao muical UNICA ao ESC. Depois da Turquia lamento muito a ausencia da Bosnia.

      Eliminar
    15. Anónimo02:25

      A Turquia regressa para o ano. Mas eu estava apenas a falar de música não de mentalidades. Pois é uma coisa que consigo separar, só junta quem lhe convem.

      Eliminar
    16. Parece que temos outra vez o gang da bola de cristal a prever regressos ao ESC.Espero que sim,que a Turquia regresse ao ESC em 2016.Nao estou a ver como e que convem ou nao a alguem separar ou juntar musica a contextos sociais. Capacidade para isso,ah isso e outra coisa!

      Eliminar
    17. 02:25 - Musica e mentalidades,agora digo eu ,so separa quem lhe convem.

      Eliminar
    18. Anónimo09:52

      O anónimo das 2:25 tem razão em relação ao regresso da Turquia, comunicado há semanas numa página da organização do ESC deste ano (http://songcontest.orf.at/stories/2693430/). Além da questão do desagrado pela passagem direta à Final dos Big 5, a Turquia lamentava que, em três centenas de funcionários da EBU, só um fosse turco (é até provável que este aspeto esteja resolvido ou a resolver-se).

      Eliminar
    19. Anonimo 09:52 - No endereço por ti mencionado,nao encontrei a noticia referente ao regresso da Turquia.No ESCTODAY encontrei-a,MAS DADA COM PONTO DE INTERROGAÇAO,portanto so como uma hipotese(que espero que se venha a cocretizar!).Nada de certezas por enquanto.

      Eliminar
    20. Anónimo12:52

      RG (12:30): Está no primeiro parágrafo e no último - neste último "dentro" de uma expressão idiomática ("vai entrar no barco em 2016"), no primeiro parágrafo de forma mais categórica. Nos parágrafos intermédios estão as razões do afastamento, sendo que achei interessante - porque desconhecia - a questão de se sentirem desagradados com o facto de em 300 funcionários da EBU só um ser turco. Atendendo à dimensão do país e da própria TRT, cujo canal internacional exerce uma função importante junto das comunidades turcas, terão alguma razão. O endereço está certo - talvez (não sei) haja que eliminar a última barra.

      Eliminar
    21. 12:52 - As razoes oficiais dadas pela TRT sao mais que justas erelevantes,nomeadamente as relacionadas c os big5,mas nao so. Contudo com o revivalismo islamico,creio que houve tambem uma vontade de afastamento de valores"perniciosos" (na opiniao deles).Obrigado pela info!

      Eliminar
  5. Anónimo02:00

    Só agora percebi que afinal vai ser uma escolha interna(LOOL o meu comentário das 23:04 já ñ faz muito sentido).
    Pode ser que assim até apareça algo diferente(quem sabe menos Sueco e tal já que ñ é mais musica encomendada de preposito).

    ResponderEliminar