Slider

Albânia: 'Festivali i Këngës 61' contará com o regresso da votação do público?

 

 A OGAE Albânia avança que o Festivali i Këngës 61 contará com votação do público, algo que não acontece desde a edição de 2016.

Com as inscrições a decorrerem até 30 de setembro, a próxima edição do Festivali i Këngës, formato que é utilizado como final nacional da Albânia para o Festival Eurovisão, poderá contar com o regresso da votação do público. O anúncio é feito pela OGAE Albânia, não tendo sido confirmado pela emissora albanesa RTSH, depois de vários anos em que a Albânia é dos poucos países que realiza finais nacionais sem qualquer influência do público. Contudo, a publicação não refere qual será o peso da votação nos resultados finais.

A última edição em que o público albanês teve alguma influência nos resultados aconteceu em 2016, edição em que foram escolhidos os representantes da Albânia para o Festival Eurovisão de 2017. O público, que votou através de votação online, teve um peso de 7,7%, sendo apenas 1 das 13 parcelas de votação, com a pontuação máxima a ser entregue a Yll Limani e "Shiu", que ficariam em 3.º lugar, enquanto Linda Halimi e "Bote", vencedores da gala, ficaram apenas na 3.ª posição.

Estreante em 2004, a Albânia participou por 19 ocasiões no Festival Eurovisão, tendo disputado a Grande Final em 10 edições, com o melhor resultado a remontar a 2012 quando o país foi representado por Rona Nishliu e o tema Suus, terminando em 5.º lugar. Depois de três apuramentos consecutivos, Ronela Hajati representou a Albânia com "Sekret" em Turim, tendo terminado em 12.º lugar na semifinal com 58 pontos, fruto do 14.º lugar no júri (12) e o 9.º no televoto (46), não tendo recebido nenhum ponto de Portugal.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OGAEAlbania/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.