Slider

ESC2022: EBU/UER emite primeira declaração sobre os problemas do palco do Festival Eurovisão 2022

A EBU/UER emitiu a primeira declaração sobre os problemas de palco do Festival Eurovisão 2022: "A equipa de produção enfrentou alguns desafios com o tempo necessário para ajustar o «sol»... Para garantir uma competição justa, o sol permanecerá na mesma posição durante as 40 canções".


Depois dos problemas registados com o palco do Festival Eurovisão 2022 e da reclamação de várias delegações, a União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) fez, junto da emissora dinamarquesa DR, a primeira declaração sobre o problema na plataforma giratória do palco do Pala Olimpico.

"Durante os testes técnicos em Turim, a equipa de produção enfrentou vários desafios com o tempo necessário para ajustar o sol em diferentes posições entre as diferentes apresentações. Juntamente com a emissora anfitriã RAI, foi decidido que o sol permancerá na mesma posição durante as 40 canções para garantir uma competição justa para todos os países" pode ler-se no comunicado difundido pela DR, tendo sido revelado que o sol é composto por uma parte de luzes, parte que está virada para o público, e por uma parte de LEDs, que provocou alguns ajustes nas atuações.

Birgitte Naess-Schmidt, diretora criativa da atuação da Dinamarca, revelou que foram notificados a 3 dias do primeiro ensaio: "Fomos avisados que o palco não estava a funcionar a três dias do primeiro ensaio. Felizmente, optámos por não usar a rotação do palco porque não achamos que funcionasse de forma ideal, logo foi bastante simples adaptar o nosso desempenho".

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/Imagem/Vídeo: Eurovisiontv
5
( Hide )
  1. Anónimo13:14

    E isso afeta a atuação de Portugal que está no palco B?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Afeta no facto de aquilo ficar ali parado a tapar o que aparece no led, nomeadamente a palavra "saudade" que não se lê. Mais vale o que aparece no led não ter nada escrito, para que não fique tapado, tirando qualquer sentido!

      Eliminar
    2. Anónimo18:48

      espero que retirem o texto do LED se é para ficar "saud". Eu tenho medo que também façam um ajuste e enchem os dois LEDs laterais com vários "saudade" e ficar mal com os planos de câmera.
      Felizmente a MARO e o coro vão estar longe do palco principal e com outra iluminação em primeiro plano que poderá abafar o "Black Hole".

      Já agora, é a 1°vez que Portugal usa o fumo numa atuação do ESC? Se é só tenho a dizer FINALMENTE 😀

      Eliminar
  2. Anónimo15:36

    Portugal quando organizou o ESC2018 também teve um problema similar só que abafou o caso. O casco do navio atrás do palco era suposto mexer-se para imitar uma onda e tornar as atuações mais dinâmicas mas os elevadores usados não o conseguiram fazer na velocidade certa para o efeito. Gastou-se dinheiro para nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:31

      Mas no caso de Portugal já antes dos ensaios se sabia que a estrutura não ia funcionar , ao contrário do que está a acontecer este ano.

      Eliminar

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.