Slider

Ucrânia: Emissora decide amanhã a participação de Alina Pash no Festival Eurovisão 2022

 

A emissora ucraniana decidirá amanhã a participação de Alina Pasha no Festival Eurovisão 2022, depois da polémica em torna da submissão de documentos falsos sobre uma ida à Crimeia.


Com a polémica instalada na Ucrânia após a eventual submissão de documentos falsos sobre a entrada de Alina Pash na península da Crimeia em 2015, a emissora estatal ucraniana decidirá amanhã, 16 de fevereiro, a permanência da cantora enquanto representante do país no Festival Eurovisão 2022. A garantia foi dada por Mykola Chernotystsky, presidente do Conselho da Suspilne: "Estamos gratos ao Serviço de Guarda de Fronteiras por uma resposta tão rápida. Falámos com o assessor de imprensa e amanhã teremos uma resposta oficial ao nosso pedido. A comissão organizadora reunirá à tarde e Alina Pash será convocada após a decisão ser tomada".

O presidente garante também que pediu nova documentação sobre a eventual entrada de Alina Pash na Crimeia em 2015, com fontes a garantirem que a entrada foi feita por via áerea desde Moscovo enquanto a cantora apresentou documentação, aparentemente falsa, sobre a entrada por via terrestre: "A fraude não pode ser usada para ganhar e representar a Ucrânia na Eurovisão. A emissora pública não é um órgão que verifica a autenticidade dos documentos e partimos das boas intenções de todos (...) A pessoa que assinou a documentação está a trabalhar com alguém e essas pessoas terão de ser responsabilizadas depois do caso resolvido".

Caso seja provado que Alina Pash falsificou a documentação sobre a entrada na Crimeia em 2015 por via terrestre e/ou provada a entrada da cantora através de ligação russa, o que viola as leis do país, a emissora ucraniana deverá optar por selecionar outros representantes para o Festival Eurovisão 2022.

Estreante em 2003, a Ucrânia conta com 16 participações no Festival Eurovisão, sendo o único país que nunca falhou o apuramento para a Grande Final, contabilizando também duas vitórias: 2004 e 2016. Em Roterdão, o país foi representado pelos Go_A e "Shum", que terminaram em 5.º lugar com 364 pontos, fruto do 2.º lugar no televoto (267) e do 9.º no júri (97). Em Portugal, a canção foi a segunda mais votada pelo público e a nona classificada no júri nacional, tendo recebido 12 pontos.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: UA:PBC / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv
0

Sem comentários

Enviar um comentário

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.