Slider

[Olhares sobre o EMA 2022] Quem representará a Eslovénia no Festival Eurovisão 2022?

A sexta temporada do Olhares sobre as Finais Nacionais continua com a escolha da Eslovénia para o Festival Eurovisão 2022. Qual será a favorita dos elementos do painel a triunfar no EMA 2022?

Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPORTUGAL realiza, esta temporada, uma nova edição alargada do Olhares sobre as Finais Nacionais, iniciativa de comentários e pontuações às canções das finais nacionais para o Festival Eurovisão. 

Olhares sobre as Finais Nacionais 2022 continua, hoje, com o EMA 2022. Doze candidatos estão na corrida para representar a Eslovénia no Festival Eurovisão 2022. Os vários integrantes do painel do ESCPORTUGAL Regiões foram desafiados a votar nas suas candidaturas favoritas, deixando um comentário sobre qual a canção que gostariam de ver a representar a Eslovénia em Turim.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:

Anabel - "Tendency" - 1 pontuação máxima


Alina Aleixo - No geral, o lote de finalistas do EMA 2022 é composto por uma qualidade musical excelente e, para mim, é quase impossível escolher apenas uma canção para atribuir os 12 pontos. Atrevo me a dizer que, até agora, esta foi das minhas finais nacionais favoritas. A meu ver, quem deve vencer e representar a Eslovénia na Eurovisão é Anabel, com "Tendency". É agradável de se ouvir, faz lembrar um pouco as canções da Taylor Swift, e visualmente possui uma atuação muito bem conseguida, com uma coreografia excelente. Mesmo que não seja esta a vencedora, creio que a Eslovénia não fará má figura levando qualquer outra canção.

Stela Sofia - "Tu in Zdaj" - 1 pontuação máxima


Tiago Silva - Costumo sempre apreciar as canções que a Eslovénia apresenta na Eurovisão e parece-me que vai continuar assim, gosto do EMA 2022 e é muito mais moderno do que esperava. A minha favorita é a Stela com Tu In Zdaj, faz mais o meu estilo mas se ganharem a July ou Luma ficarei igualmente contente!

Manouche - "Si sama?" - 1 pontuação máxima


Mariana Fernandes - Constituir um vencedor para esta final foi complicado! Poucas atuações se destacaram nitidamente das outras e nenhuma me fez pensar imediatamente qual seria o melhor primeiro lugar. Só ao fim de ouvir todas é que concluí que a "Si Sama?" seria a mais sólida. É divertida, mostra um enorme talento de todos os elementos em palco, cantava na língua materna e, para mim, há qualquer coisa de especial em bandas na Eurovisão, é como se fosse meio caminho andado para uma boa posição. 

BQL - "Maj" - 4 pontuações máximas


Cláudio Guerreiro - Depois de algumas eliminações surpreendentes nas semifinais, a Eslovénia apresenta uma final com um pequeno leque de músicas que poderão dar ao país a tão ambicionada e comemorada passagem à final. July Jones tem a atuação de diva pop que não passa despercebida. Os Luma têm aquela música e performance alternativas que ficam na memória pela interação entre os dois elementos. Já os BQL, que voltam a tentar a participação na Eurovisão, têm a música. Confesso que não foi uma proposta que me tenha despertado grande entusiasmo quando foram publicados os trechos das semifinais. No entanto, ao ouvir a versão completa algo na melodia fez-me viajar até aos tempos da adolescência e deixar a minha nostalgia em níveis máximos. Ainda assim, há que melhorar a performance, a qual está descontraída demais e mais parece ser de um concerto ao vivo. 

Diogo Martins - No conjunto das doze canções concorrentes no EMA, poucas são  as canções que me agradaram. Apenas gostei da canção dos BQL e Luma. Ambas são interessantes e boas propostas que a Eslovenia poderia enviar ao ESC. Contudo, tenho uma ligeira preferência pelos BQL. Apesar da canção ser um pouco inferior à "Heart Of Gold", é a canção mais memorável deste lote e também confesso que gostava dos os ver no ESC.

Nuno Carrilho - Nunca fui grande fã das finais nacionais da Eslovénia e, este ano, claramente não foi excepção... Não acompanhei as transmissões e limitei-me a ver as atuações para a escrita deste Olhares. No fim só posso dizer: Boa Sorte Eslovénia. Ainda assim, a minha pontuação máxima vai para os BQL que trazem uma canção muito aquém das anteriores... Sobre os ultrafavoritos LUMA, ainda não me chegou a mensagem da canção, mas até poderá subir no meu top nas próximas audições.

Pedro Dias - Retiro tudo o que disse sobre a final lituana. Parece que a Eslovénia se esmerou e conseguiu um lote de canções chatíssimas e banalíssimas na sua final nacional. Acho que fica mais que provado que o tamanho da seleção não é sinónimo de qualidade. Antes pelo contrário…Mas visto ter que escolher uma canção favorita, optei pelos BQL apenas porque parecem ser uns rapazinhos humildes, esforçados e civilizados. Pode ser que, para 2023, a Eslovénia consiga o apuramento para a final da Eurovisão, já que este ano… Next!

July Jones - "Girls Can Do Anything" - 2 pontuações máximas


Aan Gomes - Entre July Jones e LUMA, a Eslovénia poderá escolher o seu vibe para a Eurovisão 2022 com qualidade - ou envia uma balada com tons electros ou envia uma canção pop feminista. Qualquer uma destas canções poderá dar uma boa qualificação à Eslovénia - com melhor staging obviamente. Neste momento meto July Jones à frente, porque poderemos ter muitas mais baladas e Girls Can Do Anything pode-se destacar do restante.

Marcel Pessoa - Minha escolha para representar a Eslovénia na Eurovisão é July Jones com Girls Can Do Anything. Gostei muito da proposta em palco, está praticamente pronta para o palco de Turim. A canção transborda atitude, confiança e sensualidade em um ritmo pop/rock, que é ainda é pouco explorado na Eurovisão. Acredito que fará boa figura em maio caso saia como vencedora do EMA2022.

David Amaro - "Še vedno si lepa" - 1 pontuação máxima


Daniel Cunha - Músicas bastante diversificadas. Acho que qualquer uma das canções tem o seu potencial para poder representar o país. No entanto, a minha pontuação máxima de entre o lote de finalistas vai para a canção "Še vedno si lepa", interpretada pelo David Amaro. Espero que seja a vencedora!

Luma - "All In" - 8 pontuações máximas


Adão Nogueira - A Eslovénia precisa urgentemente de um revamp. O EMA 22 continua com umas propostas muito básicas, sem rasgo de originalidade e a maior parte bem datadas, principalmente as cantadas em esloveno… mas como não há regras sem exceções, pelo menos 2 das propostas desta final acabam por se destacarem. Os Luma e “All in” de tão estranho que é, desde a forma de cantar a música até à atuação, acabaram por me captar a atenção e serem a minha aposta para vencedores.

André Pereira - Este ano achei a final nacional da Eslovénia um pouco fraca tendo em conta aquilo que já fez noutros anos. Este ano a minha favorita, e de longe, é All In dos Luma. Toda a performance misteriosa e melodia, eleva a canção a um outro nível, e que na Eurovisão pode vir a surpreender na classificação.

Carlos Fernandes - "All in" é uma canção contemporânea que fica bem no ouvido. A interpretação em palco foi muito bem pensada e eleva a atmosfera hipnotizante que a canção transmite. Os Luma são dois intérpretes fascinantes!

Diogo Quintais - Mesmo que esta Final Nacional tenha um lote de propostas em que nenhuma garanta um lugar na final do ESC, "All in" de Luma é a única que ainda tem uma vibe muito específica que com promoção e um palco maior pode vir a ser um grower. No entanto, acho que não há grande material no EMA 2022!

Hugo Sepúlveda - A Eslovénia começa a construir uma final nacional mais consistente, ano após ano. Nomes como July Jones, BQL e até Batista Cadillac destacam-se, mas a minha escolha são os “novatos” Luma. Claramente este tipo de “casal estranho” começa a ser uma tendência eslovena! “All In” não é aquele tipo de canção que nos arrebata à primeira, pelo contrário. Estranhamos, mas repetimos. Uma e outra vez. O duo consegue criar uma atmosfera misteriosa, mas que de uma forma magnética e quase hipnótica nos vai envolvendo cada vez mais profundamente. E eu já estou como a canção começa, aposto tudo, “all in”! 

Ivo Mendonça - Como é que a Eslovénia consegue ter as atuações mais frenéticas juntando "casais" em palco com um simples "piano" (perdoem a minha falta de conhecimento de instrumentos musicais)? O que é certo é que me deixaram preso a este "All In", e acredito que poderão deixar presos muitos eurofãs que entram neste transe complexo. A química dos elementos da dupla é mais do que evidente - a atuação deveria ter uma espécie de bolinha vermelha pois transmite muita tensão na forma como a intérprete "domina" todos os movimentos, olhares e sons do seu colega. E ele acarreta todas as subtis ordens recebidas, o que torna a atuação visualmente muito atrativa, e cria também muita expectativa ao longo dos 3 minutos. Gosto muito de ver a Eslovénia a arrojar nas suas escolhas, sem medos de trazer propostas completamente fora da caixa. Espero que esta seja a escolha deles na final! Boa sorte!

Jorge Durões - A voz, o staging, a teatralização, bem envolvidos num instrumental simples mas com uma tensão crescente e sensualidade bem latente, faz com que All In seja a escolha perfeita da Eslovénia para Turim.

Marcelo da Silva - O EMA 22, concurso esse tão imprevisível, os Eslovenos conseguem ser sempre bastante imprevisíveis com o seu ‘taste’ musical.  A minha escolha vai para LUMA, a presença da  artista é completamente magnética em palco, para não falar no envolvimento de ambos os artistas em palco, que é bastante credível. Existe um Storytelling durante a música toda, e isso percebe-se vendo e ouvindo, o que pode apelar ao voto do júri, o júri adora uma boa história por detrás de uma música. 

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 18 comentadores do painel do Olhares sobre as Finais Nacionais:
(cada elemento votou no seu top 10 segundo a escala eurovisiva)

1.º Luma - "All In" - 164 pontos (8PM)
2.º BQL - "Maj" - 133 pontos (4PM)
3.º July Jones - "Girls Can Do Anything" - 123 pontos (2PM)
4.º Leya Leanne - "Naked" - 87 pontos
5.º LPS - "Disko" - 86 pontos
7.º Stela Sofia - "Tu In Zdaj" - 82 pontos (1PM)
8.º Anabel - "Tendency" - 81 pontos (1PM)
9.º Manouche - "Si Sama?" - 59 pontos (1PM)
11.º David Amaro - "Še vedno si lepa" - 51 pontos (1PM)
12.º Hauptman - "Sledim" - 41 pontos


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter Instagram. Visite já!
Fonte: ESC Portugal / Imagem: ESC Portugal / Vídeo: Youtube
1
( Hide )
  1. Estou com a Mariana.
    A mais sólida e a que me fez mais SENTIR foi manouche

    ResponderEliminar

Ideas

both, mystorymag

A NÃO PERDER...

TOP
© Todos os direitos reservados
Criado por templatezoo Personalizado por ESC Portugal - PG, 2022.