Espanha: RTVE anuncia assessores musicais para o 'Benidorm Fest'

 

J Cruz, Tony Sánchez-Ohlsson e Zahara são os assessores musicais da RTVE para o Festival Eurovisão 2022.


A emissora espanhola RTVE revelou, esta tarde, os novos assessores musicais para o Benidorm Fest, final nacional de Espanha para o Festival Eurovisão 2022: J Cruz (cantor e compositor), Tony Sánchez-Ohlsson (co-autor de "Quedate Conmigo" e "Amanecer", representantes de Espanha em 2012 e 2015, respetivamente) e Zahara (cantora indie e professora da OT2020). Os três assessores musicais da RTVE integrarão o júri que selecionará os 12 candidatos para o Benidorm Fest, sendo que a RTVE revelará, nos próximos dias, novos detalhes sobre o formato.

A primeira fase do Benidorm Fest consistirá no processo de inscrições e os convites diretos da RTVE para o certame, sendo que todos os participantes deverão ter nacionalidade espanhola e/ou residência do país, sendo que, em caso de grupos, pelo menos metade dos elementos deverão cumprir esta condição. Os cantores apenas poderão submeter uma canção, enquanto os compositores poderão submeter um tema como autores principais e dois adicionais como coautores. As canções submetidas deverão cumprir as regras da EBU/UER e deverão ser interpretadas em espanhol e/ou em línguas co-oficiais do país, sendo permitidos excertos noutras línguas até ao máximo de 35% da totalidade da letra da canção.

Na segunda fase do processo, que iniciará a 10 de novembro, um júri da RTVE, composto por profissionais da emissora e da indústria musical, avaliará todas as propostas e selecionará as 12 participantes do concurso, bem como 6 canções suplentes. Pelo menos duas canções serão escolhidas do processo público de inscrições, com os escolhidos a serem divulgados durante os meses de novembro ou dezembro.

A terceira e quarta fase do concurso correspondem ao Benidorm Fest, que será realizado no final de janeiro de 2022 e contará com duas semifinais e uma Grande Final. As semifinais contará com seis participantes, sendo que a votação estará a cargo do público (50%) e do júri (50%): o público votará através do televoto (50%) e de um painel demoscópico (50%), enquanto a votação do júri será assegurada por um painel nacional (60%) e um painel internacional (40%). Os três mais votados em cada gala conquistarão o apuramento para a Grande Final, onde serão escolhidos os representantes de Espanha em Itália.

Estreante em 1961, Espanha conta com 60 participações no Festival Eurovisão, tendo ganho as edições de 1968 e 1969. Escolhido internamente pela emissora espanhola, Blas Cantó representou Espanha no Festival Eurovisão 2021 depois do cancelamento do concurso de 2020. Em defesa de "Voy A Quedarme", o cantor ficou em 24.º (e penúltimo) lugar com apenas 6 pontos, todos oriundos da votação do júri da Bulgária (4) e do Reino Unido (2).

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTVE/EurovisionSpain / Imagem e Vídeo: Eurovisiontv

2 comentários:

  1. Anónimo17:19

    Ya era de esperarse que TVE metiera la pata de alguna forma, no se porque me sorprendo

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:53

    Datas?

    ResponderEliminar