OGAESC2021: OGAE Portugal alcança o 6.º lugar no 'OGAE Song Contest 2021' com Ana Moura e "Andorinhas"

 

Ana Moura e "Andorinhas", representantes da OGAE Portugal, ficaram em 6.º lugar no OGAE Song Contest 2021, evento virtual que reúne as várias comunidades de fãs filiadas à OGAE International. A OGAE Austrália foi a vencedora da edição.


Depois do 23.º lugar alcançado na edição passada com "Sei Lá", tema interpretado por Bárbara Tinoco, como pode recordar AQUI, a OGAE Portugal ficou em 6.º lugar com Ana Moura e "Andorinhas" no OGAE Song Contest 2021, concurso virtual entre as diversas associações filiadas à OGAE International com canções originais publicadas nos últimos doze meses nos respetivos países, com a obrigatoriedade de serem interpretadas numa das línguas oficias do país.

A OGAE Austrália, representada por Tones & I e "Fly Away", venceu a edição com 172 pontos, mais 8 pontos que a OGAE Finlândia, representada por Erika Vikman e "Syntisten Pöytä", enquanto a OGAE Reino Unido ficou em 3.º lugar. Por sua vez, a OGAE Portugal ficou em 6.º lugar com 91 pontos, tendo sido pontuada por 15 das 28 associações a concurso: República Checa (12), Turquia (12), Polónia (10), Andorra (8), Ucrânia (8), Macedónia do Norte (7), Grécia (7), Espanha (6), Chipre (5), Sérvia (5), Rússia (4), Itália (3), Croácia (2), França (1) e Alemanha (1).,



 Aceda, de seguida, aos resultados da edição:
(entre parênteses os pontos dados pela OGAE Portugal)

1.º OGAE Austrália - Tones & I - "Fly Away"- 172 pontos (10)
2.º OGAE Finlândia - Erika Vikman - "Syntisten Pöytä"- 164 pontos (7)
3.º OGAE Reino Unido - Joel Corry feat. MNEK - "Head and Heart" - 150 pontos (6)
4.º OGAE França - Patrick Fiori & Florent Pagny - "J'y vais" - 137 pontos (12)
5.º OGAE Itália - Takagi & Ketra feat. Marco M. & Frah Q. - "Venere e Marte" - 129 pontos
6.º OGAE Portugal - Ana Moura - "Andorinhas" - 91 pontos
7.º OGAE Dinamarca - Fyr Og Flamme - "Kamaeleon"- 83 pontos
8.º OGAE Bélgica - Camille - "Vuurwerk"- 83 pontos (5)
9.º OGAE Alemanha - Michelle - "Vorbei Vorbei" - 82 pontos (3)
10.º  OGAE Irlanda - Eimear Quinn - "Hibernia"- 81 pontos (2)

11.º OGAE Grécia - Helena Paparizou - "Deja vu" - 70 pontos
12.º OGAE Espanha - Miki Nunez - "Me Vale" - 49 pontos
13.º OGAE Croácia - Damir Kedzo - "Nedodirljiva" - 48 pontos
14.º OGAE Macedónia do Norte - Lara - "Za Nas" - 46 pontos (8)
15.º OGAE Eslovénia - Maraaya - "Dobr' Gre" - 42 pontos
16.º OGAE Suécia - Benjamin Ingrosso - "Flickan pa min gata" - 42 pontos
17.º OGAE Resto do Mundo (EUA) - Kali Uchis - "Telepatía" - 39 pontos (4)
18.º OGAE Sérvia - Zoi - "Jasno mi je" - 30 pontos (1)
19.º  OGAE Polónia - Meskie Granie Orkiestra 2021 - "I Ciebie tez, bardzo"- 25 pontos
20.º OGAE Andorra - Beth - "Que tremolin els abres" - 24 pontos

21.º OGAE Ucrânia - TOBIZDA - "Ya hochu trampapa" - 20 pontos
22.º OGAE Arménia - Sirusho - "Es U Du" - 16 pontos
23.º OGAE Hungria - Honeybeast & Palya Bea - "Ha Meghalok"  - 15 pontos
24.º OGAE Turquia - Gulsen & Edis - "Nirvana" - 15 pontos
25.º OGAE Chipre - Monsieur Domani - "Pissourin" - 10 pontos
26.º OGAE República Checa - Aneta Langerová - "Jak krásné je být milován" - 9 pontos
27.º OGAE Letónia - Ivo Fomins - "Diena vai nakts" - 7 pontos
28.º OGAE Áustria - Josh - "Expresso & Tschianti" - 3 pontos
29.º OGAE Rússia - Jey - "Nenormalny" - 0 pontos

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OGAEPortugal/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube

7 comentários:

  1. Anónimo22:53

    Falando de Ana Moura... Será que ela vai participar no Festival da Canção 2022?
    Lembro-me de ouvir que ela ia lançar o novo álbum em setembro, mas desde julho(quando foi lançado o single "Jacaranda") não houveram mais notícias.
    O timming diz-me que é possível que ela tenha sido convidada a participar e por competir com uma canção do álbum que ela vai ter de esperar até o concurso para lançar o álbum, o que é uma boa ideia, já que, se ganhar o festival, poderá promover o álbum a nivel nacional e internacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:20

      Ana Moura é uma artista com uma carreira mundial consolidadad. Não precisa do ESC para nada.

      Eliminar
    2. Anónimo20:30

      Não discordo que ela não precise da esc para se afirmar como artista, mas ao mesmo tempo este novo álbum marca uma mudança radical na carreira dela e participar no fdc seria uma forma de mostrar ao público a nova Ana Moura.
      Por outro lado uma artista com uma carreira internacional já consolidada seria uma mais valia para Portugal dentro da competição.

      Eliminar
  2. Muito bom e mais que merecido

    ResponderEliminar
  3. Anónimo02:08

    Lembro-me que na final do ESC em Lisboa a atuação dela foi mais comentada e com impacto que a da Mariza. A Ana Moura seria uma excelente representante!

    ResponderEliminar
  4. Ela não se irá meter nisso

    ResponderEliminar
  5. Muito bom, Parabéns Ana Moura!

    ResponderEliminar