[AT] Bielorrússia: Artistas eurovisivos incluídos na lista de "inimigos do Estado"

VAL, Naviband, Litesound e Angelica Agurbash, antigos representantes bielorrussos no Festival Eurovisão, foram incluídos na lista de inimigos do Estado do país. Denis Kurian e Evgney Perlin também estão incluídos na lista.


Um ano depois da eleição de Alexander Lukashenko para um novo mandato presidencial, as atenções internacionais continuam focadas na Bielorrússia, com a crescente tensão e inquietação no país e nas relações internacionais. Depois da expulsão da BTRC da lista de países da EBU/UER, o que coloca o país fora do Festival Eurovisão, o país tem estado em destaque na imprensa internacional depois da ordem de regresso da velocista Krystina Timanovskaya após críticas ao Comité bielorrusso nos Jogos Olímpicos de Tóquio, com a atleta a receber um visto humanitário da Polónia.

Contudo, nos últimos dias, o Governo da Bielorrússia atualizou a lista de entidades consideradas "inimigos do Estado", com a entrada de vários antigos representantes do país no Festival Eurovisão. A dupla VAL, que representaria o país em 2020, foi incluída na lista ao lado da formação dos Naviband, representantes em Kiev, depois de terem marcado presente em vários protestos contra o governo. Os Litesound, representantes em Baku, também estão na lista depois de manifestarem o seu apoio a Sviatlana Tshikanouskaya na campanha eleitoral, bem como Angelica Agurbash, que conta com uma ordem de extradição e que poderá ser condenada a uma pena de prisão, e aos apresentadores do Festival Eurovisão Júnior, Denis Kurian e Evgeny Perlin, com o último a ter renunciado ao seu cargo na BTRC no verão passado devido às tensões e protestos no país.

Ksenia Sitnik e Alexey Zhigalkovich, vencedores do Festival Eurovisão Júnior de 2005 e 2007, respetivamente, também foram incluídos na listagem, bem como Volha Satsiuk, representante do país no concurso infanto-juvenil. Por sua vez, Polina Smolova, representante bielorrussa no Festival Eurovisão de 2006, também figura na listagem de "inimigos do Estado" lançada pelo Governo bielorrusso.

Estreante em 2004, a Bielorrússia contabiliza 16 participações no certame europeu, tendo apenas seis participações na grande final do concurso. O melhor resultado remonta a 2007 quando Dmitry Koldun e o tema Work Your Magic alcançaram o 6.º posto em Helsínquia. Vencedores do Eurofest 2020, os VAL representariam a Bielorrússia no Festival Eurovisão 2020 com "Da Vidna", canção interpretada na íntegra em bielorrusso.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCUnited/ Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

2 comentários:

  1. Anónimo14:38

    Meu Deus,sobra alguem que nao tenha sido colocado Na lista? Triste w ver tal desenvolvimento Na Belarus mas todo o meu apoio aos manifestantes

    ResponderEliminar
  2. Anónimo19:30

    Mais vale colocar já todos os antigos representantes do país na lista.
    Ou melhor, poupa-se tempo e trabalho e colocam-se já todos os cantores que o país tenha.

    ResponderEliminar