Polónia: Sindicato dos músicos faz apelo à TVP para o Festival Eurovisão

O Sindicato dos músicos polacos apelou à TVP para selecionar apenas canções de compositores polacos para o Festival Eurovisão. A emissora apelou à submissão de 15 temas até ao final do ano.


Depois da escolha de "The Ride", tema composto por artistas suecos, para o Festival Eurovisão 2021, onde foi interpretado por Rafal, várias entidades manifestaram o seu desagrado com a decisão da TVP em selecionar um tema composto por estrangeiros. Desta vez foi o Sindicato dos Músicos Polacos (Związek Zawodowy Muzyków RP) que fez um apelo à emissora estatal da Polónia.

Segundo o comunicado revelado, o sindicato pediu à emissora polaca que mude o método de seleção para a próxima edição do Festival Eurovisão, apelando que a TVP selecione apenas canções escritas e compostas por artistas polacos. Jacek Kurski, diretor-geral da TVP, reagiu ao pedido, frisando que o Festival de Opole é uma plataforma exclusiva para artistas polacos, enquanto o Festival Eurovisão não tem nenhuma regra sobre a nacionalidade dos compositores de cada tema.

No entanto, Jacek Kurski incentivou o sindicato a enviar 15 canções para a emissora até ao final do ano, comentando que uma dessas canções poderá ser escolhida para representar o Festival Eurovisão em 2022, comentário que perspectiva uma participação polaca na edição que será sediada em Itália. 

A Polónia estreou-se na competição em 1994, tendo participado em 23 ocasiões, destacando-se o segundo lugar alcançado na estreia. Em 2021, a Polónia foi representada por Rafal e "The Ride", que foram escolhidos internamente depois da não recondução de Alicja como representante do país. Em Roterdão, a canção falhou o apuramento para a Grande Final ao terminar em 14.º lugar na semifinal 2 com 35 pontos, fruto do 13.º lugar no televoto (17 pontos) e do 14.º no júri (18 pontos), tendo sido a menos votada do júri e do público em Portugal.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix /Imagem: Google /Vídeo:Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo22:29

    Faz todo o sentido, afinal o festival deveria ser uma plataforma para promover a musica do continente nao para que so os compositores suecos tenham beneficios

    ResponderEliminar