Azerbaijão: Antiga chefe de delegação critica escolha de "Mata Hari" para o Festival Eurovisão 2021

Husniye Maharramova, antiga chefe de delegação do Azerbaijão, criticou a escolha de "Mata Hari" para o Festival Eurovisão 2021: "É uma canção de muito mau gosto que não se encaixa nas tendências da música moderna. Está desatualizada e usada em excesso".


Husniye Maharramova, chefe de delegação do Azerbaijão no Festival Eurovisão de 2012 a 2014 e em 2019, teceu duras críticas à participação do país no concurso em Roterdão: "«Mata Hari» é uma canção de muito mau gosto que não se encaixa nas tendências da música moderna. Está desatualizada e usada em excesso. Deviamos ter enviado algo com um significado profundo relacionado a 2020, um ano muito díficil para o Azerbaijão" explicou Husniye, aludindo ao conflito armado de Nagorno-Karabakh com a Arménia.

No entanto, apesar das críticas, Husniye Maharramova elogiou Samira Efendi, a cantora escolhida para representar o país no Festival Eurovisão 2021: "É uma artista talentosa, cujo potencial não foi aproveitado. No final de contas, se tens uma boa canção é impossível conseguires uma classificação indesejável".

Escolhida internamente para representar o Azerbaijão no Festival Eurovisão 2020, Efendi foi reconduzida como representante do país em 2021 com "Mata Hari". Depois do 8.º lugar na semifinal, o Azerbaijão ficou em 20.º lugar na Grande Final com 65 pontos, fruto do 17.º lugar no televoto (33) e o 19.º lugar no júri (32), não tendo recebido qualquer pontuação de Portugal.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionSpain / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

2 comentários:

  1. Anónimo22:02

    Nem tudo tem de ser atualizada

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:11

    Prefiro mil vezes a pimbalhada deste ano que uma música com subtexto político

    ResponderEliminar