ESC2022: Chefe de delegação da Alemanha admite mudanças no formato de seleção

 

Depois de dois resultados no fundo da tabela, a chefe de delegação da Alemanha no Festival Eurovisão 2022 admite mudanças no formato seleção, depois de uma "análise autocrítica".


Com apenas 3 pontos oriundos do júri e do nul points do televoto, a Alemanha ficou em penúltimo lugar na Final do Festival Eurovisão 2021, sendo a segunda edição consecutiva em que o país fica nas últimas posições da tabela classificativa. Em entrevista ao ESCKompact, Alexandra Wolfslast, chefe de delegação do país, admite que a emissora fará uma "análise autocrítica", admitindo mudanças no processo de seleção para o próximo ano.

"O mesmo modelo funciona muito bem na Suíça, mas a nós não nos deu uma boa classificação" frisou a chefe de delegação, garantindo que a delegação alemã estará reunida nos próximos dias para discutir os planos da próxima edição do concurso, "Tudo o que poderia dizer seria pura especulação. Acho que é facil entender as razões pelas quais estamos a rever o processo de seleção e considerar o que poderemos mudar para o futuro".

A Alemanha foi representada por Jendrik e "I Don't Feel Hate" na Final do Festival Eurovisão 2021, tendo ficado em 25.º (e penúltimo) lugar com apenas 3 pontos do júri, oriundos da Áustria (2) e Roménia (1).

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:EurovisionSpain/ Imagem/Vídeo: EurovisionTV 

4 comentários:

  1. Anónimo19:34

    Foi 3 pontos demais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:11

      lol concordo, e a primeira vez que creio que um pais seja merecedor dos 0 pontos

      Eliminar
    2. Anónimo12:06

      O que mais me espanta neste resultado é que foram os júris a salvar esta canção do desastre. Enfim...

      Eliminar
  2. Anónimo12:51

    Mudanca de método de seleção?
    Mas há assim tanta cera nos ouvidos da delegação alemã para não perceber o que deve ser mesmo mudado?

    ResponderEliminar