[ESPECIAL] Como ficaram classificados os Big5 e Países Baixos nos diversos países concorrentes?

 

Os seis países finalistas automáticos tiveram destinos bastante diferentes na Final do Festival Eurovisão 2021: Itália e França lideraram a votação, enquanto Países Baixos, Espanha, Alemanha e Reino Unido partilharam os últimos lugares. Recorde connosco todas as classificações dos países finalistas automáticos.


Apurados diretamente para a Grande Final do Festival Eurovisão 2021, os Big5 e o país anfitrião tiveram destinos bastante diferentes na gala do passado sábado: Itália venceu e França ficou em segundo lugar, enquanto os Países Baixos e Espanha, Alemanha e Reino Unido ocuparam as últimas posições da classificação final. Qual foi a melhor classificação alcançada pelos diversos países no televoto e no júri? Quem esteve perto de anular os nul points da Grande Final? Recorde connosco todas as classificações.

Pela segunda edição consecutiva, a Alemanha ficou fora dos pontuados do público na Grande Final do Festival Eurovisão. Sem qualquer presença no top10 dos televotos, a Alemanha teve uma média de classificação de 17,21, tendo o melhor resultado em França e na Lituânia, onde ficou em 13.º lugar na preferência dos telespectadores. Em sentido contrário, o pior resultado foi alcançado na Macedónia do Norte, onde ficou em 24.º (e antepenúltimo) lugar. Em Portugal, Jendrik e "I Don't Feel Hate" ficou em 17.º lugar nas preferências do público.

No que diz respeito à votação dos júris, a Alemanha contou com duas presenças no top10: o júri da Áustria e da Roménia colocaram a canção alemã em 9.º e 10.º lugar, respetivamente, recolhendo 3 pontos. A média de classificação de "I Don't Feel Hate" no júri foi de 20,63 tendo sido o último classificado nas votações de Chipre, Dinamarca, Grécia, Noruega, Países Baixos e Sérvia. O júri português colocou a Alemanha em 20.º lugar.

Espanha ficou também de fora dos pontuados do público na Grande Final do Festival Eurovisão 2021, tendo registado o melhor resultado do público em Portugal, onde ficou em 12.º nas preferências do televoto nacional. Contudo, "Voy A Quedarme" registou uma média de 22,94 nas classificações do público de entre os países participantes, tendo sido o último classificado na Austrália, Dinamarca, Finlândia, Islândia, Letónia e Ucrânia.

Por sua vez, na votação dos júris nacionais, Espanha ficou em apenas duas posições do top10, com o 7.º lugar na Bulgária e o 9.º lugar no Reino Unido, recolhendo 6 pontos na votação final. Com uma média de 18,89, a prestação de Blas Cantó na Grande Final do Festival Eurovisão 2021 foi a menos votada do júri da Alemanha, Malta, Rússia e São Marino

Em sentido contrário dos seus antecessores, França foi o terceiro país mais votado pelo público na Grande Final do Festival Eurovisão 2021, tendo ficado no top10 de todos os televotos da gala, recolhendo 251 pontos com uma média de classificação de 4,71. "Voilà" foi a canção mais votada na Bélgica, Espanha, Países Baixos e Portugal, registando o pior resultado, o 10.º lugar, no televoto de Itália.

Na votação do júri, onde ficou em 2.º lugar da geral com 248 pontos e uma média de classificação de 5,63, França foi a favorita de 8 paíneis de jurados: Alemanha, Espanha, Irlanda, Países Baixos, Reino Unido, São Marino, Sérvia e Suíça. Contudo, a prestação de Barbara Pravi ficou de fora do top10 na votação dos jurados da Bélgica (15.º), Dinamarca (18.º), Geórgia (13.º), Polónia (13.º) e Rússia (20.º). Em Portugal, a canção francesa ficou em 5.º lugar nas preferências dos jurados.

Vencedora da votação do público na Grande Final do Festival Eurovisão 2021, onde recolheu 318 pontos, marca que permitiu que Itália vencesse o Festival Eurovisão 2021. Com uma média de classificação de 3,23 no televoto internacional, Itália ficou no top10 de todos os países votantes, tendo recolhido a pontuação máxima de 5 países: Bulgária, Malta, São Marino, Sérvia e Ucrânia. A pior classificação registada pelos Maneskin foi o 9.º lugar nos Países Baixos, tendo sido a quarta proposta mais votada pelo televoto português.

No que diz respeito ao júri, Itália ficou em quarto lugar com 206 pontos, ficando no top10 em 28 painéis de jurados com uma média de 7,15 na classificação. "Zitti e Buoni" foi a mais votada pelo júri da Croácia, Geórgia e Ucrânia, registando o pior resultado no painel da Dinamarca, onde não foi além do 24.º (e antepenúltimo) lugar nas preferências. Em Portugal, a prestação dos Maneskin ficou em 8.º lugar nas preferências, recolhendo 3 pontos do júri.

Vencedor do Festival Eurovisão 2019, os Países Baixos ficaram sem qualquer pontuação do público internacional, tendo registado uma média de classificação de 23,21 no televoto, sem nenhuma colocação no top10. A melhor classificação de "Birth of a New Age" foi registada na Bélgica, onde ficou em 18.º lugar, sendo a Dinamarca (19.º) o segundo país em que o país anfitrião ficou acima do 20.º lugar. Por outro lado, a prestação de Jeangu Macrooy foi a menos votada na Croácia, Estónia, Grécia, Macedónia do Norte, Malta, olónia, Roménia, São Marino e Sérvia. Em Portugal, a proposta neerlandesa ficou em 22.º lugar no televoto nacional.

Relativamente ao júri, os Países Baixos ficaram no top10 em 5 painéis de jurados, recolhendo um total de 11 pontos: Austrália (8.º), Áustria (8.º), Bulgária (9.º), Geórgia (9.º) e Portugal (10.º). Com uma média de classificação de 16,60, a proposta neerlandesa foi a última classificada no painel de jurados do Azerbaijão e da Eslovénia.

O Reino Unido entrou para a história eurovisiva ao ser o primeiro país a terminar em último lugar sem qualquer pontuação no novo sistema de votação. No que diz respeito ao televoto, a proposta britânica registou uma média de 23,43 nas classificações do público, tendo a melhor posição no televoto de Malta, onde ficou em 14.º lugar. O país ficou em último lugar nos televotos da Áustria, Bélgica, Bulgária, França, Geórgia, Israel, Itália, Moldávia, Polónia, Portugal, República Checa, Rússia, Suécia e Suíça. Além disso, "Embers" ficou nos três menos votados do público em 27 dos 38 televotos.

Relativamente às votações dos jurados, onde ficou de fora do top10 em todos os países, o Reino Unido ficou perto de ser pontuado pelo júri da Polónia, onde registou o 11.º lugar nas preferências. O país teve uma média de 20,23, acima da registada pela Alemanha, tendo ficado em último lugar na votação do júri da Croácia e Islândia. Em Portugal, a prestação de James Newman ficou em 24.º (e penúltimo) lugar nas preferências dos jurados.

Aceda, de seguida, a todas as classificações dos Big5 e Países Baixos no televoto e do júri:



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL/ Imagem/Vídeo: EurovisionTV 

Sem comentários