Espanha: Novo presidente da RTVE quer mudanças na delegação espanhola para a Eurovisão


O novo presidente da RTVE quer mudar o rumo de Espanha na Eurovisão e pode dispensar os atuais membros da delegação.


Pode haver uma drástica renovação da equipa da RTVE responsável pela participação do país na Eurovisão. O novo presidente da emissora, José Manuel Pérez Tornero, pode dispensar Toñi Prieto e Ana María Bordas, diretora de entretenimento e chefe de delegação respetivamente, revelou o Bluper. Pérez Tornero terá confessado haver uma grande necessidade de mudanças numa organização audiovisual com muitas deficiências, abandono e desorganização, o que afecta também a sua participação no concurso europeu.

Tornero convocou o conselho de administração esta quarta-feira, para aprovar todas as mudanças no organograma da RTVE, em que serão propostos novos diretores de programas de rádio e televisão, bem como novos chefes de programação e gestão. Estas mudanças também afetarão a Eurovisão, de acordo com o jornal Bluper, e já estariam programadas antes do desaire em Roterdão.

A mudança mais tida como certa é a de Ana María Bordas, chefe de delegação desde 2017, quando se decidiu demitir Federico Llano depois de detetadas algumas irregularidades na sua gestão e o mau desempenho do país nos anos anteriores. A catalã assumiu o cargo temporariamente, para posteriormente exercer novas funções na emissora, e parece que essa hora chegou. O seu recorde na Eurovisão é o pior da história de Espanha, alcançando, entre 2017 e 2021 as posições 26, 23, 22 e 24.

Por outro lado, Ana María Bordas levou Espanha de volta à Eurovisão Júnior onde ficou em 3.º lugar por duas vezes. Procedeu ainda à introdução e avaliação de um profissional de direção artística nas candidaturas, algo que não acontecia.

A outra mudança que o novo presidente da RTVE poderá trazer é no cargo de diretora de entretenimento, ocupado por Toñi Prieto. Pérez Tornero acredita que a La 1 precisa de uma mudança profunda nesta área, com o canal a registar níveis preocupantes.

No entanto, há um sigilo total na emissora sobre as demissões, nomeações e a reunião desta quarta-feira, e algumas delas podem ainda ter de esperar algumas semanas. Após a aprovação de todas essas mudanças, o presidente da RTVE irá reportar, no Senado, à Comissão Mista de Controlo Parlamentar. 



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovision-Spain / Imagem: RTVE / Vídeo: Eurovision-Spain

3 comentários:

  1. E já vão tarde...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:13

    Ansioso por ver o resultado disto

    ResponderEliminar
  3. Ana Maria Bordas está visto que vai borda fora do barco e seus acólitos. Pode não ser melhor mas pior também não será com certeza.

    ResponderEliminar