ESC2021: Canções da Eurovisão 2021 ainda dominam charts do Spotify


 Uma semana depois da coroação dos Måneskin como vencedores da Eurovisão 2021, ainda há várias canções que dominam os charts do Spotify.


Os Måneskin venceram o Festival Eurovisão da Canção há uma semana e, desde então, a sua canção ‘Zitti E Buoni’ está no topo dos charts virais um pouco por todo o mundo. Mas a banda italiana não é a única a ter sucesso comercial: 19 canções da Eurovisão 2021 estão no top 50 Global Viral Chart do Spotify. O número 1 nesse top são os Go_A com a sua canção "Shum", que lidera há quase uma semana. Os Måneskin estão logo atrás no segundo lugar.

Confira todas as canções da Eurovisão 2021 que estão no top 50 Viral Charts Global:

  • "Shum" - Go_A - 1º lugar
  • "Zitti e Buoni" - Måneskin - 2º lugar
  • "Voilá" - Barbara Pravi - 6º lugar
  • "Dark Side" - Blind Channel - 7º lugar
  • "Tout L’univers" - Gjon’s Tears - 8º lugar
  • "Mata Hari" - Efendi - 11º lugar
  • "Discoteque" - The Roop - 12º lugar
  • "El Diablo" - Elena Tsagrinou - 14º lugar
  • "Je Me Casse" - Destiny - 15º lugar
  • "I Don't Feel Hate" - Jendrik - 16º lugar
  • "10 Years" - Daði og Gagnamagnið - 17º lugar
  • "Love Is On My Side" - The Black Mamba - 19º lugar
  • "Russian Woman" - Manizha - 22º lugar
  • "Embers" - James Newman - 25º lugar
  • "Set Me Free" - Eden Alene - 32º lugar
  • "Fallen Angel" - TIX - 34º lugar
  • "Last Dance" - Stefania - 36º lugar
  • "Voices" - Tusse - 43º lugar
  • "Sugar" - Natalia Gordienko - 47º lugar


Algumas canções da Eurovisão 2021 já figuraram neste chart mas entretaram saíram. São elas "growing up is getting old", "Tick ​​Tock", "Adrenalina" e "The Wrong Place". No 50.º lugar está outra canção da Eurovisão: "Fairytale".

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Spotify / Imagem: Eurovision.tv

1 comentário:

  1. Não se pode dizer que não é amor puro, paixão mesmo (desmedida como diria o outro). Por acaso não voltei a ouvir nenhuma, mas também devo acrescentar que não tenho ataques de loucura a deixar-me preso a acontecimentos que se renovam a cada ano.

    ResponderEliminar