[Casas de Apostas] ESC2021: Portugal entra nos favoritos para se qualificar para a Final


O que se esperava nos últimos dias finalmente aconteceu: Portugal está agora entre os 10 favoritos dos apostadores para se qualificar para a final da Eurovisão 2021.


Os The Black Mamba passam a figurar entre os 10 concorrentes da semifinal 2 que são favoritos dos apostadores para conseguirem a qualificação para a final da Eurovisão 2021. Portugal ameaçou o 10.º lugar da Áustria durante vários dias e, nos últimos minutos, conseguiu passar os austríacos. Os apostadores dão a Portugal uma hipótese de qualificação de 46%. A Áustria, que está em 11.º, tem 44%. 

Em 9.º lugar, à frente de Portugal, está a Albânia com 54%. Em 12.º. a Dinamarca, que apresenta um valor próximo ao português e ao austríaco: 41%. A corrida ao apuramento para a final está animada e prevêem-se mudanças nos próximos dias, principalmente após a primeira ronda de ensaios.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovision-world / Imagem: Pedro Pina | RTP

8 comentários:

  1. Anónimo01:19

    Esperemos que o primeiro ensaio tenha algum impacto para continuar com este ascendente.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:17

    Por acaso eu acredito antes na pior classificação de sempre de Portugal. A musica não pega entre os fãs e acho que nem os portugueses a viver no exterior vão votar, por ser em inglês.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:51

      Anónimo 10:17 - concerteza que não ouviu as outras canções, até de outros anos!!! Pode se não gostar da canção portuguesa, mas temos de admitir que tem muita qualidade, uma voz diferente e um refrão simpático numa melodia agradável. Quanto aos fãs, valem zero no universo de votantes na noite da final!!! Raramente estas votações de fãs acertam nos vencedores! Viu se no ano que Portugal ganhou! Mesmo após Portugal passar a semi final continuavam a negar o óbvio!!! Quem aposta nas odds são profissionais que querem ganhar dinheiro. O que se passa é que até agora a maioria dos apostadores são fãs. Quando se aproxima a final do festival os apostadores profissionais começam a votar. Não de acordo com preferência pessoal, mas baseado em qualidade, histórico, prestações nos ensaios.

      Eliminar
  3. Bom dia! Confesso que não era a minha favorita, mas acredito numa passagem à final e na final, um top 10. Tem um instrumental bonito, uma voz ímpar e uma prestação no geral boa. Penso também que está na hora de apoiar o nosso representante. A canção que nos vai representar é em inglês Sim, só é possível porque no regulamento o permite e se o permite, não temos nada a dizer. Merece como todas as outras!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:13

    Veremos como será o staging.
    Se conseguirem um bom staging, a qualificação pode mesmo acontecer.

    ResponderEliminar
  5. Vamos esperar que ainda entre nos favoritos para ganhar. Depois do 1º ensaio tudo pode acontecer, ou desce novamente de interesse ou antes pelo contrário pode subir assustadoramente até assustar França e Suíça. De Malta nem falo porque é demasiado pirosa, género da galinha no espeto.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14:48

    A única ambição que esta canção (na qual votei em Março) pode almejar é a qualificação para a final. Atingindo esse objetivo, qualquer ponto que consiga obter na final será um bónus. A canção é gira, é bastante instantânea e a voz, para o bem e para o mal - há quem adore e quem deteste, é marcante. No entanto, o refrão é pobre, repetitivo, e a própria canção a partir de certa altura tornar-se preguiçosa, esgotam-se-lhe as ideias e acaba por não cumprir aquilo que parece prometer no início. Duvido muito da nossa classificação, mas se acontecer ficarei agradavelmente surpreendido. Já era tempo de Portugal voltar a ter algum reconhecimento no ESC uma vez que desde que ganhou, só tem passado vergonhas. Felizmente para nós, o ano passado não contou e livrámo-nos de mais uma humilhação certa. Este ano pelo menos vamos bem melhor representados. Não era difícil, mas com o nosso histórico, seria certamente possível.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo15:34

    Ainda não foi o ensaio, mas não me parece que haja espaço para Portugal subir ou descer significativamente depois dele acontecer. Portugal não aposta em encenações e tudo indica que o que vimos no FdC é aquilo que vamos ter na eurovisao. Sem surpresas, riscos ou sobressaltos: o que vai ao ESC é que já toda a gente conhece.

    ResponderEliminar