Suécia: "Je Me Casse" foi submetida para o 'Melodifestivalen 2021' por Dinah Nah

 

A cantora sueca Dinah Nah, participante em várias edições do concurso sueco, revelou que gravou "Je Me Casse", canção que Destiny defenderá no Festival Eurovisão 2021, para o Melodifestivalen 2021... mas a canção foi recusada.


A cantora sueca Dinah Nah, participante no Melodifestivalen 2015 e 2017, revelou, nas redes sociais, que entrou na corrida para representar a Suécia no Festival Eurovisão 2021... com "Je Me Casse", canção com que Destiny representa Malta no concurso internacional deste ano. "Nesta fotografia estava a gravar uma canção para o Melodifestivalen 2021 que, infelizmente, não foi selecionada" escreveu, partilhando uma imagem no estúdio de gravação, "Agora há outro artista de um outro país que a vai cantar na Eurovisão... e adivinhem, está no topo das casas de apostas" frisou, referindo-se a "Je Me Casse", canção composta por Amanuel Dermont, Malin Christin, Nicklas Eklund e Pete Barringer.



Ao longo dos últimos anos, muitas têm sido as canções que fazem sucesso depois de terem sido rejeitadas pelo comité do Melodifestivalen. Um dos casos mais marcantes esteve a cargo de "Genom eld och vatten": a canção, defendida pelo grupo Sarek em 2003, foi rejeitada em quatro anos consecutivos pela SVT, tendo terminado em 6.º lugar na edição e tornando-se um dos maiores sucessos da edição.


"In a Moment Like This" (Dinamarca 2010), "Walk On Water" (Malta 2016), "Miracle" (Azerbaijão 2016) e "Higher Ground" (Dinamarca 2018) foram algumas das canções que chegaram ao Festival Eurovisão depois de terem sido recusadas pela SVT para o Melodifestivalen.





 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: DinahNah/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

1 comentário:

  1. Anónimo16:27

    Não me é supresa...estes países que só querem ganhar vão sempre comprar ao estrangeiro em vez de investir no que é deles

    ResponderEliminar