Jon Ola Sand: "Rússia nunca esteve interessada em pertencer aos BIG5"


Jon Ola Sand revelou que a delegação russa nunca mostrou interesse em tornar-se membro dos BIG5.


O ex-supervisor executivo da Eurovisão, Jon Ola Sand, revelou numa entrevista a Jan Bors, que a Rússia não estava interessada em tornar-se membro dos BIG5. Ola Sand afirmou que "não é necessariamente uma vantagem ter um bilhete dourado para a final. Não podíamos realmente imaginar ter o Festival Eurovisão da Canção sem Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Espanha. Se os perdêssemos perderíamos tração, audiência...dá ao concurso um amplo alcance".

Jan Bors levantou a questão sobre se a Rússia deveria ser um membro dos BIG5, e Ola Sand respondeu explicando que na "Rússia são duas emissoras, RTR e Channel One, que se alternam entre si, elas veem muitos benefícios em estar nas semifinais. Falei com os chefes de delegação da Rússia e eles disseram que achavam ótimo ter essa capacidade de atenção ao longo da semana do concurso".


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: Eurovision.tv 

3 comentários:

  1. E Portugal que está quase desde o início , porcos !!!!!, Era o que faltava , por causa dos big5 é que a Turquia deixou de ir !!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:56

      O que isso tem a haver? Os Big5 são para países maiores, que dão mais audiência e pagam mais.

      Eliminar
  2. Anónimo10:25

    Acho que em vez de falarem em adicionar mais membros aos BIG5 deviam era acabar com isso.
    Por mais que a Eurovisão não se faça sem dinheiro (e muito) até acabava por ser um incentivo para esses países tentarem se esforçar sempre, porque a final nunca estaria garantida.

    ResponderEliminar