Itália: Måneskin e "Zitti e buoni" vencem o 'Festival di Sanremo 2021'

 

Måneskin e "Zitti e buoni" vencem o 'Festival di Sanremo 2021'. Francesca Michielin e Fedez ficam em segundo lugar e Ermal Meta encerra o pódio.

Contra todas as previsões e apostas, o grupo Måneskin venceu a 71.ª edição do Festival di Sanremo 2021 com "Zitti e Buoni". Francesca Michielin e Fedez, que antes da gala final estavam em 17.º lugar na geral, alcançaram a segunda posição na SuperFinal, enquanto Ermal Meta, representante italiano em Lisboa e lider isolado nos primeiros dias do concurso, terminou no terceiro lugar.

Tal como consta no regulamento, o grupo Maneskin manifestou, antes da competição, o interesse ou não em representar Itália no Festival Eurovisão 2021 sendo que, até ao momento, a RAI ainda não teceu nenhum detalhe sobre a participação em Roterdão.


Aceda, de seguida, à classificação do Festival di Sanremo 2021:

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RAI/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

10 comentários:

  1. Sem comentario. Esse ano é um dos piores do ESC. Não tenho nem 10 musicas no meu mp3. Um horror.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:57

      Amo esta música! aaa ainda bem que levam algo diferente, Itália perfeita nunca comete erros...

      Eliminar
    2. Anónimo02:07

      Não sei o que é pior, achares a música Italiana um horror ou utilizares MP3 em pleno 2021.

      Eliminar
    3. Anónimo08:48

      Oi... Eu uso um aparelho de DVD que grava da TV. Em pleno 2021, essa possibilidade também existe, tal como o MP3, que eu não tenho.

      Eliminar
  2. Anónimo01:54

    A letra é muito boa. Uma vitória bastante arrojada e surpreendente. Bravo Italia, spacca tutto!!!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo02:11

    Melhore grupo italiano do momento.Parabens o público pelo coragem.e mesma coisa que em Portugal por exemplo venceria "Locomotiva Bizarra". Bravíssimo.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo02:14

    Bravíssimo.Parabens o público pelo coragem.e mesma coisa se em Portugal ganharia por exemplo "Locomotiva Bizarra"

    ResponderEliminar
  5. Anónimo10:02

    Estava a torcer pelo Irama e fico um pouco triste por ele. Mas ele também já estava em desvantagem desde o início devido a estar a concorrer através da gravação do ensaio geral nas 4 galas. Mas os Måneskin são, sem dúvida alguma, uma enorme e boa surpresa. Parabéns Itália. Pelo menos, um dos países teve miolos a escolher o seu representante.

    ResponderEliminar