Suécia: 14 anos depois, duas canções em sueco apuradas para a Final do 'Melodifestivalen 2021'

 

Pela primeira vez desde 2007, duas canções em sueco conquistaram o apuramento para a Final do Melodifestivalen na mesma semifinal. Anna Book e Tommy Nilsson haviam sido as responsáveis pela anterior distinção.


Danny Saucedo, segundo classificado no concurso de 2011 e 2012, e o grupo Arvingarna, representante sueco no Festival Eurovisão 1993, conquistaram, esta noite, o apuramento direto para a Grande Final do Melodifestivalen 2021, quebrando um duradouro recorde no concurso: pela primeira vez desde 2007, duas canções em sueco conquistaram o apuramento para a Grande Final.

A última vez que duas canções em sueco haviam conquistado o apuramento direto para a Final foi a 3 de fevereiro de 2007, na primeira semifinal do concurso, quando Anna Book venceu a semifinal com "Samba Sambero" e Tommy Nilsson ficou em segundo com "Jag tror på människan". 

Além disso, o apuramento de "Dandi Dansa" e "Tänker Inte Alls Gå Hem" para a Final do Melodifestivalen 2021 faz com que o concurso deste ano iguale (pelo menos) a Final do concurso de 2019, em que duas canções em sueco marcaram presença. Por sua vez, em 2020, apenas "Vem e som oss" chegou à Grande Final (e através do Andra Chansen), com as restantes 11 canções em sueco a serem eliminadas.

De realçar que a última canção em sueco a vencer o Melodifestivalen foi "Evighet", em 2006, apesar de ter sido interpretada por Carola no Festival Eurovisão 2006 na versão em inglês, "Invicible". A última participação da Suécia em sueco remonta a 1998, com Jill Johnson a interpretar "Kärleken är". No entanto, a última vez que o sueco marcou presença no Festival Eurovisão foi em 2012, com a finlandesa Pernilla Karlsson a interpretar "När jag blundar" na semifinal.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: SVT

Sem comentários